O líder necessita principalmente conhecer a si mesmo, desenvolver-se constantemente e estar atento ao comportamento individual dos componentes de sua equipe, bem como ter o conhecimento da melhor forma de agir, conforme as atribuições de cada um, bem como os diferentes momentos que se apresentam diante das diferentes circunstâncias que se apresentam. Por isso as atitudes do líder são fundamentais para o resultado de sua equipe.

Existem muitos artigos sobre o assunto, mas segundo o autor Rogério Martins, Autor do livro "Reflexões do Mundo Corporativo" as principais atitudes de um líder que efetivamente trazem resultado para si e para sua equipe:

1. Respeito. Atitudes de respeito garante o comprometimento dos seus liderados. Aquele que trata o funcionário com respeito garante uma visão positiva de sua chefia e, por consequência, sua admiração e respeito. A prática diária do respeito amplo e incondicional é que irá garantir a eficácia da liderança.

2. Feedback. Apesar do assunto já ser amplamente divulgado ainda há uma grande maioria de pessoas ocupando cargos de liderança que não sabem como fazer de modo eficaz. Saber dar e receber feedback é fundamental para manter a equipe em equilíbrio.

3. Disponibilidade. Ter tempo para os outros. Um gestor que não tem tempo para conversar com seus funcionários, para ensinar, corrigir, acompanhar, instruir, cobrar, apoiar ou simplesmente bater papo, não consegue alcançar a coesão do grupo e muito menos os resultados desejados. É preciso dedicar tempo aos outros, não há necessidade de estar o tempo todo disponível, mas organizar-se para ter mais tempo com sua equipe e para si mesmo. Mais equilíbrio entre tarefa e relacionamento.

4. Delegar. Chefia que centraliza tudo? Um terror. Delegar significa confiar. Para confiar é preciso treinar, preparar os outros. É um trabalho lento e contínuo, mas extremamente poderoso. O líder que aprende verdadeiramente a delegar consegue realizar mais seu trabalho de gestor e, com isso, ganha tempo para preparar cada vez mais sua equipe e investir no seu próprio aprendizado. Portanto, observe sua forma de lidar com determinados assuntos. Você delega, delarga ou centraliza?

5. Justiça. Agir de modo parcial, ou seja, proteger alguns e "pegar no pé" de outros. A imparcialidade, ou o senso de justiça, é uma atitude extremamente valorizada pela equipe. Um erro comum, e difícil de ser corrigido, é quando o gestor atribui mais tarefas (ou as mais complexas) para um ou outro membro da equipe, geralmente os mais produtivos, enquanto os outros ficam com menos atividades. Com o tempo esta ação irá desencadear desmotivação e até a perda destes talentos. Portanto, agir com justiça é tratar as singularidades, as diferenças, porém sem perder a equanimidade.

6. Auto-conhecimento. A célebre citação do Oráculo de Delfos - "conhece-te a ti mesmo" - reforça a importância milenar do auto-conhecimento. Quanto mais conhecemos nossas forças e fraquezas, melhor podemos nos preparar para agir de modo eficaz. É fato que a ajuda de um profissional especializado, tornará a tarefa mais fácil, fazer uma auto-crítica entre o que é apresentado e suas atitudes constitui um modo de aprimorar o auto-conhecimento. Portanto, há várias formas de colocar esta atitude em prática, mas o fazer continua por sua conta.

7. Liderar. A atitude de liderar compõe ensinar (instruir), comandar (sem centralizar), ter controle (sem exageros), assumir os riscos (tomar as decisões necessárias), tomar a dianteira (mostrar os caminhos), unir a equipe (extrair o melhor de cada um), criar inspiração (fazer com que todos se sintam importantes). Liderar é a própria atitude de liderança.

Diante deste artigo, fica para nossa reflexão:

São muitas as atribuições de um líder, mas as respostas veem da equipe. O líder eficaz entende que primeiro ele deve atentar as suas atitudes e manter-se atualizado com a prática do seu autoconhecimento (forças e fraquezas), pois as situações são mutáveis e há constante influência das pessoas e do ambiente. Quanto mais atento estiver o líder, e atualizado com relação ao comportamento de sua equipe, agindo de forma adequada, os resultados serão consequência de um líder eficiente com atitudes eficazes.

Você líder pratica estas atitudes no seu dia a dia? Como está a prática do seu autoconhecimento? Sua equipe? Seus resultados?

O Processo de Coaching desenvolve o autoconhecimento, clarifica as forças e fraquezas, proporciona o desenvolvimento das competências e auxilia o líder neste caminho diário que muitas vezes é solitário.

Grande abraço!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  0   0

Rosiane Oliveira Daniel Lopes

Life Coach

Coach - Desenvolvimento Pessoal e Profissional Administradora Especialista em Psicologia Organizacional com Ênfase em Coaching Analista Comportamental Especialista em Neuromarketing