Sabe aquele sonho que parece inatingível? Aquela meta ou objetivo que parece ser impossível alcançar? Pois é, tudo isso acontece porque não nos conhecemos. Apesar da constante busca de aperfeiçoamento profissional, temos uma necessidade enorme em saber o que de fato acontece conosco. Isto ocorre porque, a bem da verdade, temos uma vontade enorme em preencher o vazio que existe dentro de nós.

Necessitamos de tempo e de ferramentas que nos auxiliem a promover um aprofundamento em nossos conhecimentos, metas, propósitos de vida e sonhos. É neste momento que entra o processo de autoconhecimento. Através dele, é possível enxergar o que ocorre em nosso mundo interior, alcançando, assim, uma melhor performance em nossas vidas. O Autoconhecimento nos permite ver, ouvir e sentir as nossas verdadeiras necessidades, alinhando nossos objetivos e forças para superarmos as nossas limitações.

Há inúmeras pessoas que podem nos auxiliar a promover o autoconhecimento. 
Uma delas é o Coach. Este profissional, que necessariamente obtém formação técnica para atuar em Coaching, é capaz de auxiliar-nos a promover o autoconhecimento através das ferramentas de Coaching.

Seja através das melhores práticas de promoção do potencial humano, ou da utilização das perguntas poderosas capazes de extrair da própria pessoa a saída para a resolução de um problema, o Coach e as ferramentas de Coaching são capazes de auxiliar neste “mergulho” interior.

O sonho, que antes parecia inatingível, começa a se transformar em realidade. As metas e os objetivos que antes pareciam impossíveis, agora são totalmente alcançáveis. Tudo isso acontece porque o autoconhecimento preenche o vazio que antes existia. Sentimo-nos plenos, satisfeitos e com ampla capacidade de transformação das nossas vidas.

Busquemos o autoconhecimento, pois, através dele, estaremos aptos a promover as nossas mudanças necessárias para alcançarmos a verdadeira felicidade e o sucesso profissional/pessoal.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.