A zona de conforto é uma barreira limitante de projetos, vidas e feitos, nos deparamos diariamente com problemas que acabam abafando nossa capacidade de sair da zona de conforto e nos estagnando a mais do mesmo. Em contraponto a isto, quando saímos para desbravar novos horizontes, o estado de adrenalina que se instalará o levará cada vez mais alto e com experiências mais abrangentes e determinantes a sua evolução em feitos e em qualidade de vida. Ninguém deve se contentar em ser apenas mais um, Charles Darwin em um de seus brilhantes insights mencionou que: Não é o mais forte que sobrevive. Nem o mais inteligente. Mas o que melhor se adapta às mudanças.

Devemos ir em busca de mudanças, a estagnação é apenas o princípio do fim, diariamente temos relatos de pessoas que por persistência, perseverança e força de vontade não aceitam o status quo, alcançam seus objetivos e multiplicam este valor a sua volta, gerando mais valor! Por isso, hoje resolvi falar um pouco sobre algumas opções para ir além da zona de conforto.

Todos sabemos a hora de sair de sua zona de conforto, às vezes só não refletimos sobre... Pare agora e pense profundamente, existe algum segmento da sua vida que lhe incomoda? Trabalho, relacionamento, social, você se sente em falta com a sociedade que convive ou a questão que o afeta é referente à suas crenças e valores? Se em algum destes pontos você considerou uma mudança, é sinal que algo está errado e lhe incomoda. Esta pequena alfinetada que sua consciência lhe deu não deve ser deixada de lado, precisa ser tratada de forma que você consiga ultrapassar esta barreira.

Eu não estou falando para você tomar uma atitude radical, como pedir o divórcio, demissão ou mudar de cidade, mas sim que você pense e trace uma rota para sanar o que lhe aflige. Se ao final desta análise pessoal você chegar a esta conclusão então faça de forma consistente e ciente dos fins.


Vamos a alguns tópicos para reflexão.
Transforme sonhos em realidade


Não pare de aprender

Não importa sua profissão ou cargo, o mundo muda e se você não quer ser deixado para trás se atualize. Estude a sua maneira, sendo autodidata, voltando as cadeiras da faculdade como aluno, professor ou pesquisador, envolva-se com sua área de conhecimento e isto garantirá que você esteja sempre a par das últimas tendências de sua área e pronto para mudar a direção do leme de sua carreira caso os ventos mudem.

Questione-se

Se algum segmento da sua vida lhe incomoda, como você pode muda-lo? O que você pode fazer para diminuir este incômodo? Trace uma meta e percorra a trajetória, a cada passo neste caminho você estará mais próximo desta meta.

Tenha iniciativa

Não tenha medo de rejeição, não importa o ambiente, dê sua opinião se provoque a falar, a mudança começará aí.

Saia do padrão

Procure algo que você nunca fez, tente algo novo, faça um curso de culinária, uma aula de música, pintura, jardinagem, circo, pule de paraquedas, passe um tempo de qualidade com sua família, faça um passeio, inove. Isto lhe trará novas oportunidades.

Identifique o que mais lhe consome tempo

Mapeie em sua agenda diária, o que mais lhe faz perder tempo, Internet, televisão (séries, filmes, novelas), redes sociais... Corte este tempo para apenas um terço, com estes outros dois terços que sobrarão, faça algo novo, leia, escreva, se exercite, planeje aquilo que a tempos você posterga e cumpra este planejamento.

Expanda sua rede de relacionamentos

Cada pessoa pode lhe trazer um novo aprendizado, por isso, conheça novas pessoas, converse com aquela pessoa de seu convívio que você nunca interagiu. Invista um tempo para conhecer aquela pessoa. A cada nova experiência de vida compartilhada com você é possível que você aprenda e evolua em seu caminho rumo a sua meta.

A autopiedade não existe

Se você tende a ter momentos de autopiedade, então risque este sintoma de sua vida pois este sentimento apenas lhe deixará se sentindo abaixo dos demais, dificultando a tarefa de ultrapassar as barreiras e alcançar as metas. Ninguém é maior ou menor que ninguém, você é capaz de alcançar seu objetivo! Marque o ponto de chegada e não se sinta derrotado, marche em frente.

Iniciando estes questionamentos e práticas diárias, um movimento interno se iniciará e em um curto prazo você verá mudanças no seu cotidiano, o mais engraçado será quando as outras pessoas perceberem a mudança e comentarem com você sobre esta diferença de comportamento.

Grande abraço e até a próxima!


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

DIOGO COIMBRA DE BRITO

Master Coach