Sobre Coaching e Psicoterapia

Apesar de sua larga e bem difundida utilização, os processos de coaching, em alguns momentos, ainda são confundidos com psicoterapia. Talvez isso ocorra devido ao fato de que ambos, cada um de sua forma, tenham como objetivo auxiliar pessoas na busca pelo equilíbrio emocional, pela eliminação de problemas, pela realização de seus sonhos e, portanto, por melhores condições de vida.

Apesar de sua larga e bem difundida utilização, os processos de coaching, em alguns momentos, ainda são confundidos com psicoterapia.

Talvez isso ocorra devido ao fato de que ambos, cada um de sua forma, tenham como objetivo auxiliar pessoas na busca pelo equilíbrio emocional, pela eliminação de problemas, pela realização de seus sonhos e, portanto, por melhores condições de vida. Contudo, essa confusão pode ser esclarecida de maneira relativamente fácil, vejamos:

Os processos psicoterapêuticos, em suas várias vertentes, buscam auxiliar pessoas com problemas ditos psicológicos, ou seja, que tem origem em seus inconscientes. Dessa forma, as soluções para os mesmos demandam investigações profundas na busca pelas causas centrais dos problemas ou crenças disfuncionais em termos mais técnicos.

De uma maneira simplista pode-se dizer que o psicoterapeuta auxilia seu paciente a trazer à tona da consciência o que de fato o afeta, possibilitando ao mesmo uma análise racional que contribuiu na eliminação ou superação de seu problema. Porém, de todas as formas o objetivo é o “tratamento” do problema.

Nos processos de coaching a abordagem é totalmente diferente, pois seu objetivo não é o de “tratar problemas”, mas sim de possibilitar ao Coachee (cliente) que ele passe de uma situação atual que não o agrade ou não o satisfaça para uma situação futura ideal. Muitas vezes a busca do coachee é por superação, ou seja, melhorar o que já está bom.

As técnicas utilizadas nos processos de coaching, trabalham no “ambiente” racional, fazendo com que o coachee, de uma forma estruturada, procure novas vias de pensamento, buscando ações e soluções diferentes das que vinha praticando e obtendo sozinho, ou seja, antes do auxílio do coach (condutor do processo de coaching).

Os processos de coaching são focados nas soluções, os problemas em si e o passado somente servirão quando puderem agregar experiência ao coachee e o auxiliem a atingir suas metas futuras.

Em síntese, os processos psicoterapêuticos “tratam” problemas psicológicos, os processos de coaching suportam a busca de resultados melhores. Ambos são totalmente recomendáveis, tendo, porém, públicos e momentos totalmente diferentes.

Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor do post identificado abaixo.

ROBERTO JOSÉ OCON GODOY

ROBERTO JOSÉ OCON GODOY

Master Coach

Professional Coach, formado pela Sociedade Latino Americana de Coaching - SLAC. Consultor na área de Projetos de Melhorias com foco em redesenho de processos, reestruturação organizacional e gestão de mudanças. Sólida experiência profissional na gestão de Suprimento e Projetos Industriais.

+1
share

Comente

Programa Foco e Gestão com Sulivan França

Artigos dos Membros SLAC Coaching   /   veja mais

Contato / Te ligamos

De segunda a sexta
9:00 - 18:00

+55 (11) 3670-1770

info@slacoaching.org

Av. Francisco Matarazzo
1400 - SP

Sociedade Latino Americana de Coaching

+55 (11) 3670-1770
info@slacoaching.org

São Paulo - Brasil
Centro de Treinamento
Av. Francisco Matarazzo, 1.350
Água Branca - Cep: 05001-100
São Paulo - Brasil
Sede Administrativa
Av. Francisco Matarazzo, 1.400
Água Branca - Cep: 05001-100
CNPJ: 15.229.739/0001-47
Santiago - Chile
Oficina
Suecia 42, Oficina 02
Teléfono: +56 2 2632 5042
Lima - Peru
Oficina
Plaza Ricardo Palma 107 - San Borja
Teléfono: +51 980 037 494
Cartagena - Colômbia
Oficina
Cr 3 6A Esq. Ed. Jasban 407 - B/Grande
Teléfono: +57 5 655 03 01

Conteúdo Registrado ®
Todos os Direitos Reservados
Cópia Proibida.