Qual vida você deseja viver? Quem de fato deseja ser? O que deseja conquistar? São perguntas muito mais difíceis do que parecem, e o tamanho da dificuldade em responder a estas perguntas, sinaliza o tamanho da barreira para o autoconhecimento que criamos, seguindo rotinas externas, regras externas, crenças da realidade e colocando aquelas máscaras, todos os dias, para atuar no teatro da vida e nos mais variados palcos, buscando aprovação daqueles que constroem aquela realidade.

 

Mas te pergunto: sem máscaras, sem fantasias, sem todas as rotinas enfadonhas e regras pré-estabelecidas. Se você pudesse se olhar no espelho e ver exatamente aquilo que deseja, como seria? Pense por uns instantes antes de continuar a leitura.

 

Depois de pensar um pouco, eu queria te dar uma notícia: você existe! Sua alegria existe. Sua liberdade existe. Seu eu mais belo existe. Sua sabedoria é infinita. Você é infinito. Vivemos todos num mar de energia de infinitas possibilidades. Quando não nos adequamos a apenas aceitar, mas sim, também a questionar, temos possibilidades de responder toda e qualquer questão que exista. Está tudo aí dentro de você.

 

Para conquistar um grau de liberdade extrema consigo mesmo, precisamos sair da casca. Duvidar do ego. Conhecer profundamente nossos valores. Vivenciar o novo para o nosso eu ter muitas possibilidades de se expressar. Para falar a verdade, qual foi a última vez que você se expressou? Qual foi a vez que entrou no fluxo de energia vivendo e amando viver, criando e amando criar, sorrindo sem precisar de desculpas, mas apenas o sorrir? Qual foi a última vez que não precisou da desculpa de um time de futebol vencendo para tratar bem as pessoas a sua volta? Qual foi a última vez que não precisou comprar algo no shopping para sentir um alívio momentâneo, advindo de um desejo superficial?

 

Tudo isso está dentro de você. As possibilidades existem e a vida é muito curta. O autoconhecimento é como abrir o caminho para o que existe de mais divino em você. Você é divino, mas esqueceu. Você é divino, mas por muito tempo desacreditou. Se você esquecesse por um momento a pessoa que acha que é, quem você seria? Como diz o grande amigo Édison Fontoura: o caminho na direção da sabedoria não é o mesmo caminho na direção do ego.

 

Devemos em algum momento da vida, escolher por qual caminho seguir.