Gerenciar um time está ligado a entrega de resultados.

Claro que garantir os resultados e melhor ainda, melhorá-los ciclicamente é crucial para o sucesso de qualquer time ou organização.

Deste modo, é de suma importância que quem está a frente do time, tenha total visão das métricas envolvidas em seus processos, os indicadores de desempenho da organização, quais são as atividades chave, como estas atividades afetam seus resultados e conhecer as capacidades cada integrante do time para atribui-los às atividades que melhor se ajustam.

Basicamente, gerenciar é entregar resultados, agora, a qual custo tais resultados estão sendo entregues?

A rotatividade e pedidos de licença por saúde também afetam os resultados.

Como fica a satisfação do time, sendo cobrados e controlados pelas métricas e indicadores?

Os integrantes da equipe devem ser informados de seus resultados e ter o conhecimento dos indicadores e métricas ao quais são avaliados.

São dados feedbacks ou flashbacks aos integrantes da equipe?

Apontar erros, descrever episódios em que o desempenho foi aquém do esperado não é feedback , um feedback deve focar em atitudes evidenciando pontos fortes e fracos e fornecer um caminho para o desenvolvimento.

Com o tempo os integrantes do time ficam estressados, desmotivados e o desempenho é comprometido.

Por outro lado liderar é desenvolver as pessoas, não só na vida profissional ou pra a organização e sim em todos os aspectos de suas vidas.

Liderando, seu time está motivado, inspirado, constantemente se transformando e se melhorando, você ganha influencia, melhora o relacionamento dos integrantes do time.

Pois bem, se você desenvolve, desenvolve e desenvolve seu time, como ficam os resultados, as métricas e indicadores?

É evidente que gerenciar e liderar não é a mesma coisa, enquanto gerenciar está relacionado diretamente com os interesses da organização, liderar está focado no relacionamento com as pessoas que são parte do capital da organização.

Um líder pode ser um ótimo gerente, já um ótimo gerente precisa desenvolver habilidades de liderança para se tornar um líder.

Conciliar as atividades de gerenciamento com as de liderança no dia a dia é a chave para um gestão eficaz.