O ano de 2015 foi atribulado o suficiente para fragilizar a esperança de dias melhores. Corrupção, desemprego, inflação, recessão, juros e dólar mais altos, rebaixamento do grau de investimento e fuga de capital internacional são temas a que nos acostumamos em nosso cotidiano. À primeira vista, para quem desconhece Economia, esse conjunto de assuntos incompreensíveis, é simplesmente assustador. Trocados em miúdos por especialistas, em entrevistas na mídia, fica claro que o cenário é muito ruim. Esses mesmos especialistas fazem previsões pessimistas para o futuro do Brasil, tais como, desequilíbrio fiscal, baixo ou nenhum crescimento, queda do Produto Interno Bruto (PIB), alta da inflação, aumento do desemprego e, portanto, da pobreza, dentre outros. Além de questões tão importantes, ainda temos a falta de credibilidade no governo, principalmente o federal, nas instituições e até mesmo na imprensa.

Em última instância, o que afeta o nosso país nos afeta, tanto pessoal quanto profissionalmente. Afeta o mundo corporativo e os planos e projetos que costumamos elaborar a cada fim de ano, para realização no Ano Novo!

As crises, sejam de ordem pessoal, profissional, corporativa ou mesmo de países ou entre países, abalam nosso espírito, nosso equilíbrio e suscitam emoções e pensamentos negativos.

E como nos preparar para enfrentar tantos desafios? Minha sugestão é fazer Coaching! Primeiramente, é preciso o fortalecimento de si próprio. Conhecer talentos, mapear deficiências, mudar internamente, elaborar um bom plano de desenvolvimento, enfim, tomar as providências para sentir a segurança necessária sempre e especialmente num período de turbulência como o atual. A necessidade de tomar atitudes e decisões se agiganta, tanto para as pessoas, para os profissionais como para os executivos, empreendedores e empresas. É justamente em períodos de crise que se torna imprescindível identificar o que nos impede de alçar voos mais altos, quais dificuldades e obstáculos devem ser superados para que se alcance as metas desejadas.

E o Coaching é o melhor caminho para despertar o potencial humano, aprimorar competências, elaborar estratégias, alcançar metas e transformar a vida pessoal, profissional e das empresas. Fica aqui a sugestão!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.