Quando queremos mudar algo em nossas vidas acabamos por nos deparar com o pensamento de Albert Einstein: “Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual”.
 

Tendo como base a ideia da frase de Einstein, se precisamos mudar nossa forma de agir e conseguir realizar algo novo, primeiramente temos de pensar em que direção nossas ações vão nos levar. 

Seríamos capazes de reprogramar nosso mindset? 

Os mindsets podem ser definidos como dinâmico, ou crescente, e fixo. Em muitos outros artigos os mindsets são retratados como tipos, que no meu entendimento denota um sentido de segmentação. O indivíduo possui o mindset fixo ou o dinâmico. Por essa razão, acredito que ao invés de tipificar os mindsets podemos definir estados momentâneos, e desta forma é possível que um mindset que estava sendo classificado como fixo se torne dinâmico, ou vice-versa.

Se formos definir o mindset fixo, podemos dizer que existe uma grande zona de conforto, que por sua vez impede da pessoa abrir para novos conhecimentos, acreditando que não exista a possibilidade de uma mudança em quaisquer aspectos da sua vida. Algo parecido com a música da Gal Costa, “Modinha para Gabriela”, “[...] Eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim, vou ser sempre assim Gabriela, sempre Gabriela [...]”

Nesse mindset o indivíduo limita todas as suas capacidades cognitivas para justificar então seus resultados, sendo eles positivos ou negativos. Esse “limitador” mental é formado por diversos fatores, dentre eles podem existir crenças limitantes ou valores imutáveis que adquirimos e moldamos conforme crescemos.

Quando alguém com o mindset fixo se depara com qualquer obstáculo, isso o paralisa, podendo gerar diversas reações negativas, pois sentem-se subjugados e/ou acuados. O ponto mais difícil é que ao nos depararmos com obstáculos evoluímos, afinal, aprendemos com situações que antes pareciam não ter nenhuma solução. 

Como o mindset fixo não sabe lidar com essas situações, muitas vezes deixa passar oportunidades de aprendizado, pois estava limitando sua mente de expandir e aprender algo novo.

Ao falarmos do mindset dinâmico, existe grande facilidade em corrigir erros e aprender com isso, pois é permissível que o indivíduo com esse mindset aceite situações que o desafiam. As pessoas com esse tipo de mindset buscam se aperfeiçoar naturalmente, pois aprendem com seus erros e geram novas ideias para superar outros problemas, ou para melhorar situações corriqueiras, estando sempre em constante evolução.

Mindset e a escola pitagórica

Pitágoras, que criou não só uma fórmula matemática como a nossa concepção de música e também influenciou Platão e muitos outros filósofos, estabeleceu em sua escola uma forma muito peculiar de seleção.

Ao mostrar interesse de entrar na escola pitagórica o candidato teria de realizar um “vestibular” que consistia em entrar numa sala isolada e passar uma noite sozinho tentando resolver um problema matemático. O que o candidato não sabia é que aquele problema matemático não havia sido solucionado por ninguém, nem mesmo pelo próprio Pitágoras. O verdadeiro teste não era a resolução do problema, mas sim como o candidato iria lidar com um obstáculo intransponível, como iria se sentir e o que iria fazer depois da longa noite tentando.

Ao amanhecer, os candidatos que lidavam bem com a situação geralmente se frustravam por não ter a resposta, mas queriam aprender a solução do problema. Estes possuíam seus mindsets dinâmicos, e mesmo sem ter a resposta ficavam instigados e queriam aprender mais para na próxima vez serem capazes. E no final, esses participantes eram aprovados.

Os candidatos com o mindset fixo muitas vezes ficavam agressivos e achavam uma afronta o fato de não serem capazes de resolver o problema matemático, por este motivo eram reprovados nos testes.

Para sintetizar as informações acima podemos dizer que o indivíduo com o mindset fixo não gosta de desafios ou obstáculos, pois acredita que nada vai alterar o que já sabe, ou acredita que sabe. A pessoa que tem o mindset dinâmico permite-se encarar os desafios como uma forma de aprendizagem, e isso gera o aprendizado constante, pois não teme mudanças em sua forma de pensar ou em suas atitudes.

Podemos então perceber como a nossa forma de pensar pode não somente ditar nossas ações, mas também pode nos “condicionar” a tomarmos as mesmas ações constantemente, pois sente-se confortável com os resultados que as ações podem gerar. 
Transforme sonhos em realidade

Quando queremos alcançar algo novo temos que mudar nossas ações e também a nossa forma de pensar.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.