Um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos (se não o maior), Ayrton Senna, era famoso por sempre se superar. Por vezes, mesmo muito à frente de seu oponente mais próximo, ele continuava buscando ser mais rápido, dando uma volta em quase todos os outros carros da corrida. Isso acontecia porque ele queria ser o melhor, mesmo que isso significasse ser melhor do que ele mesmo.

Senna disse uma vez que quando você descobre seu limite você trabalha sempre em direção a ele e, quando você “toca esse limite”, de repente, você tem a oportunidade de ir um pouco mais longe, de ultrapassar essa barreira. A oportunidade está ali, é só dar um passo a mais. Mas como dar esse passo? Segundo Senna, “com o poder da sua mente, sua determinação, seu instinto, e a experiência também, você pode voar muito alto.”

Muitas pessoas se encontram numa zona de conforto, não buscam serem melhores do que são hoje. Já ganham o suficiente pra sobreviver, tem uma vida confortável... Para que ambicionar algo a mais? Mas... Será que isso é realmente o suficiente? Nos processos de coaching ouvimos o coachee (com certa frequência) dizer que é realizado, tanto profissionalmente quanto na vida pessoal, mas que não está feliz, que falta algo na sua vida... Só não sabe o quê. O que falta é justamente descobrir qual seria o seu limite e buscar ir em direção a esse limite, seja lá em qual setor da vida. Ter uma meta e buscar alcançá-la é algo que nos faz acordar de manhã com forças para enfrentarmos nosso dia de peito aberto, nos faz evoluir e nos tornarmos alguém melhor do que já somos.

E então? Você está na sua zona de conforto, descontente? Que tal buscar seu melhor, se desenvolver... SE SUPERAR?


Ps: Para ilustrar esse texto, deixo para vocês um vídeo do Ayrton Senna que mostra (além de sua mágica atrás dos volantes) esse desejo de sempre buscar ser melhor do que é hoje, de sempre se superar - Lap of Life (YouTube).


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Igor Trisuzzi

Life Coach

Life Coach credenciado pela SLAC, é formado em Administração de Empresas pela FEA-USP, com passagem acadêmica pela Universidade do Porto (Portugal), além de ser certificado como Green Belt em Metodologia Lean Six Sigma de Gestão de Projetos pela Fundação Vanzolini. Faixa Preta de Judô desde 2004, leva o esporte como filosofia de vida, buscando sempre o seu melhor e o de todos a sua volta.