Quantas vezes sonhamos e não alcançamos o que queremos? O sonho nos impulsiona a viver, em contrapartida, um sonho não realizado é paralisante, nos faz sentimos incapazes, tristes e desmotivado. Você deve estar se perguntando: Será que posso realizar meus sonhos?

Perceba que ter sonhos é algo muito positivo, porém realizá-los é mais importante ainda, pois nos faz mais confiante, eleva a autoestima, e surge a motivação. Sonhos realizados nos fazem sonhar mais, e mais alto.

Temos muitos sonhos! Mas como realizá-los? Se possível converta este sonho em uma meta, ou objetivo. Parece algo bobo, apenas mudamos a palavra sonho, para meta, porém, nossa postura perante um e o outro é bem diferente.

Sonhar é algo subjetivo, nos faz manter-se em uma vida mecanicista: acordo, trabalho, estudo, durmo e recomeço tudo novamente... apenas com a passividade que tudo dará certo, como um passe de mágica;

As metas são objetivas, e concretas. Eu quero. Mas, como? A partir daí, deixamos de viver de maneira mecânica, gera uma inquietude que te leva em direção da conquista.

“Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.” Albert Einstein

Pensar sobre o que e como fazer para atingir nossos objetivos já nos remete a agir. É necessário pensar o que podemos perder e ganhar fazendo este movimento. Quando queremos algo, só pensamos na felicidade que isso nos trará, o positivo da conquista, porém existirão muitas perdas. Nenhuma escolha gera apenas ganhos. Focar nas perdas, parece incongruente, mas aqui está a grande chance de fazer sua meta dar certo. Lembre-se de todos os obstáculos que poderão surgir. Serão muitos!  Estas respostas podem até lhefazer desistir, evitando a frustração de mais uma meta sem realização. Caso siga em frente, estará ciente das dificuldades, mais forte e com grandes chances de sucesso.

É importante fracionar o objetivo em metas menores. Ex: perder 12 quilos em 4 meses. Pode parecer difícil, já que teremos festas de final de ano e muitas comilanças. Fracionar a meta nos remete a algo possível: perder 3 kg nos dois primeiros meses; em dezembro 2 quilos, devido as festas; em janeiro 4kg, pois temos menos $ devido os custos do início de ano, portanto, menos idas aos restaurantes e a motivação dos 8 KG já eliminados. Veja que colocamos algo real, totalmente factível, imaginando as dificuldades que teríamos no caminho.

Traçar metas menores nos traz a sensação de conquista e isso nos impulsiona para continuar a busca.

Escolha uma estratégia para usar, anote para não esquecer de nada. Se possível fracione ainda mais a meta, no caso do peso seria uma boa escolha pensar em ações e objetivos semanais, assim você começa e perceber ou mensurar que sua meta está sendo conquistada, podendo readequar as estratégias caso seja necessário.

Resumindo:

Liste muitas opções que lhe ajudarão na conquista de sua meta;

Busque novas soluções. Não podemos fazer apenas o que já foi feito, use a criatividade;

Listar perdas e ganhos. Foque nas perdas! Consegue tolerá-las?;

Fracione pequenas metas e ações menores (semanais ou diárias);

Tome nota de tudo que fará para conquistar as pequenas metas, não fuja! Faça o que se comprometeu;

Reajuste as ações ou as metas se for necessário;

Com estas ações ou estratégias, seu sonho/meta começará a tomar forma. Comece a agir agora! Faça diferente de tudo que já fez. Não será fácil. Lembre-se que a trajetória por mais difícil que seja faz parte da conquista. Aproveite a caminhada tirando o máximo de lições possível. 



Transforme sonhos em realidade
Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  0   0

Tatiane Sanches Besenbruch

Life Coach

Atuo coach e acompanhante terapêutica, com base na psicologia cognitivo-comportamental, promovendo alta performance, mudança de comportamento, gestão de tempo, saúde e bem-estar no Instituto Flow Ir em Guarulhos; Ainda ministro palestras com o mesmo propósito. Fundadora do blog Flow ir. Graduanda em Psicologia, formada em Marketing.