Perceber a preocupação sincera de amigos, de alguns familiares, de pessoas distantes que se desdobraram para uma visita ou para uma informação nos enche de alegria e esperança. Mas entre perdas e ganhos teve um sentimento que nunca me abandonou: O MEDO!

Ah o MEDO... Um sentimento tão recriminado, mas que salva nossas vidas. Nunca a frase: "se sentir medo, vai com medo mesmo" fez tanto sentido! Quando sentimos medo de verdade, nossa história passa pela mente como em um filme. E uma cena em particular não saia da minha. Eu ainda criança, e meu pai na maca, chorando quando me viu após a sua cirurgia na coluna! Ali, naquele momento aprendi o quanto a vida é frágil, e que mesmo os Super-Heróis sentem medo. 

O medo de passar por isso me fez suportar a lesão por 10 anos! Me fez sonhar em ser um atleta de alto rendimento e tentar com tudo que eu tinha, mesmo que a maioria das pessoas que sabiam do meu problema me desencorajasse. Eu ignorava, buscava tratamentos, e o final era sempre o mesmo: coluna travada. Enfrentei de tudo... Piadinhas, dor, frustração, só para citar alguns. Mas nada me fazia desistir. Quando eu pensava em ir para outro caminho, algo me trazia de volta às Artes Marciais. Ainda bem! Mas o medo estava sempre lá.

Foram muitas pesquisas de médico, hospitais, próteses, e tudo que puderem imaginar para chegar nesse resultado. A cirurgia foi realizada há exatos 15 dias! Um sucesso!! E hoje eu recomecei. Mais uma vez. Apesar de os planos serem outros, o atleta profissional passou, mas o amador viverá comigo para sempre.

E aqui, nesse texto, trago o primeiro aprendizado do JUDO, o mais importante para a vida: aprenda a cair! Aprendendo a cair, você será capaz de absorver a queda e o principal, estar pronto para se levantar. E não se importe com quantas vezes você  irá cair, o importante é levantar-se sempre!
Transforme sonhos em realidade

E aqui estou eu, após apenas 15 minutos de bike e algumas flexões de braço, me sentindo vivo de novo. Pronto para reconstruir a minha história, tijolo por tijolo, no tempo do meu corpo e, principalmente, no tempo de Deus.

Um beijo no coração de todos que me acompanharam, obrigado por me suportar nos altos e baixos de humor, que não foram poucos... Amo todos vocês! LOVE ALWAYS ENDURE. E lembren-se:

SE SENTIR MEDO, PREPARE-SE, E VAI COM MEDO MESMO!


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.