O primeiro diferencial está marcado na formação do profissional, pois a psicoterapia só pode ser feita por um profissional graduado em psicologia. Já o profissional coach pode ter as mais diversas formações inclusive ser psicólogo.

Em coaching a atuação é em uma população não clínica, ou seja, não é olhado sua saúde emocional, apesar de muitas vezes o processo mexer com estas estruturas o foco não é de tratamento, diagnóstico e muito menos cura.

Ao contrário em psicoterapia o olhar do profissional é mais amplo, mesmo porque há um conhecimento sobre o funcionamento humano, com o intuito de diminuir sofrimento, buscar o diagnóstico, a cura transtornos psíquicos entre outros. Por estas questões o psicólogo precisa conhecer o passado do seu cliente/paciente para entender o caso.

Já em coaching o profissional está como um condutor de seu cliente/coachee aos seus objetivos, assim, não há a necessidade de olhar para seu passado, muito pelo contrário o olhar neste processo é do presente para o futuro.

Os atendimentos de coaching pode ser realizado de maneira semi-presencial, presencial ou até a distância, já a psicoterapia deve ser presencial salvo e alguns casos, observando os critérios do CPF, Conselho Federal de Psicologia.

O tempo das sessões são diferentes pois em psicoterapia as sessões são de 50 minutos e em coaching este número pode aumentar para 2 horas ou mais principalmente em coaching executivo. Além do mais em psicoterapia não há como delimitar a quantidade de sessões, o que é comum ocorrer em coaching, onde se é fechado pacotes acordando o número de sessões.

Como podemos perceber há alguns diferenciais marcantes entre os dois processos. Para facilitar o entendimento podemos dizer que a psicoterapia possui função terapêutica e atua sobre processo mais profundos do ser humano, enquanto em coaching a atenção é voltada para questões mais pontuais, como foco na mudança de comportamento em prol de resultados.

É comum pessoas clínicas buscarem um coach, porém o profissional habilitado deve ter a expertise de sinalizar e encaminhar seu cliente para a psicoterapia, sempre que necessário, e vice e versa.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  1   0

Tatiane Sanches Besenbruch

Life Coach

Atuo coach e acompanhante terapêutica, com base na psicologia cognitivo-comportamental, promovendo alta performance, mudança de comportamento, gestão de tempo, saúde e bem-estar no Instituto Flow Ir em Guarulhos; Ainda ministro palestras com o mesmo propósito. Fundadora do blog Flow ir. Graduanda em Psicologia, formada em Marketing.