A melhor maneira de vencer um obstáculo é pensar em alternativas para vencê-lo. Quando imaginamos nossa meta, devemos ter o mesmo raciocínio. Enumerar todos as situações possíveis que podem nos impedir de chegar lá, quais as estratégias e as armas para vencer qualquer obstáculo que impeça de chegamos ao estado desejado. Mas todo o sucesso dessa caminhada depende de aliados, o caminho nunca é solitário.
Quando estamos munidos desses artifícios, e mudamos o foco para um estado positivo, a chance de atingir o resultado que queremos é bem mais eficiente. “Quanto maiores são as dificuldades a vencer, maior será a satisfação” Cícero. Mas antes dessa satisfação, precisamos refletir sobre alguns fatores no atual cenário que vivemos.
Com a rotina, o excesso de informações e os inúmeros papéis que desenvolvemos em nossa vida, acabamos esquecendo de entender que nossas metas dependem de nosso foco, nossa criatividade e nossa visão para entender toda a jornada de forma micro e macro. Essa segurança e este entendimento apenas reforça nossa habilidade para entender o que precisa ser feito.
Mas quando, sozinhos, não encontramos essas alternativas para vencer os obstáculos? E quando nos sentimos perdidos? Qual é a saída?
No processo de Coaching, através de perguntas certas, da escuta atenta e estruturada, a empatia e segurança que o Coach transmite para seu Coachee, esse caminho torna-se bem mais produtivo e eficiente.
Alguns questionamentos, podemos fazer sempre em nossa vida, com ou sem a ajuda de um Coach. O que realmente é relevante para minha vida agora? O que desejo pode ser dividido em metas menores? Qual o prazo, a data que pretende atingir a meta? Quais as habilidades, recursos que precisa para conseguir o que quer? Como vai fazer para chegar lá? O que pode me impedir de chegar lá?
Para concluirmos a jornada com sucesso em direção ao estado desejado, precisamos levar em conta ainda outros fatores. Eles vão além das perguntas, dos prazos que você vai estabelecer, ou independente da ajuda ou não de um Coach. E nessa caminhada, outros aliados precisam ser levados em consideração. O comprometimento e a sua disciplina. De nada adianta um bom planejamento, um Coach excelente e ter uma meta incrível, se você não incluir em sua jornada estes itens. Como diria Jim Rohn: “Disciplina é a ponte entre metas e realizações”



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.