PROGRAMA ACERTAR É HUMANO

#051

No Programa Acertar é Humano do dia 09/04 o professor Nélson Sartori abordou o tema: “O que as pessoas de sucesso fazem quando acordam?” Praticam exercício? Ouvem música? Agradecem? Clique e ouça novamente como pessoas bem-sucedidas começam o seu dia.

051 - Programa Acertar é Humano: de 09/04/2015

Programa Acertar é Humano (09/04/2015)

Nélson Sartori e Sulivan França

Tempo de áudio
29 minutos e 59 segundos
Legenda
... ➔ pausa ou interrupção do discurso
[...] ➔ palavra/trecho incompreensível
[comentário] ➔ comentários do transcritor

♪ [tema acertar é humano] ♪

Começa agora na Mundial Acertar é Humano, um programa que apresenta crônicas com humor e foco na solução, sempre falando de temas diversos como empreendedorismo, liderança, esporte, atualidades, comunicação entre outros. Tudo isso seguindo a filosofia do coaching.

Programa Acertar é Humano, uma produção da Sociedade Latino-Americana de Coaching, a elite do coaching no Brasil. Apresentação Sulivan França e Nélson Sartori.

[NÉLSON] Bom dia, público do Acertar é Humano. Aqui quem fala é o Professor Nélson Sartori e estamos aqui com mais um programinha com vocês pela manhã, sentindo mais uma vez a falta do meu amigo Sulivan.

O que mais dá trabalho é confortar o Evaldo que não para de chorar pela saudade do Sulivan. Nós temos muita saudade sim. Ele é um companheiro que faz muita falta, só que o trabalho dele é muito grande, toma bastante tempo. Eu tenho certeza de que ele sente muito em não estar aqui, assim como nós sentimos a falta dele. Mas sempre pensando nele. Não é Evaldo?

Um grande amigo, comunicador, uma grande mente e sem mentir, uma pessoa impressionante. Quem o conhece sabe muito bem o que eu estou falando.

Muito bem, minha gente. Hoje nós acordamos cedo e viemos para cá. É muito bom acordar cedo.

Eu vou falar com vocês um pouquinho sobre o que os grandes homens fazem quando acordam cedo. Qual é a primeira coisa que as pessoas de sucesso fazem? Pelo menos é o que eles relatam que fazem.

Eu vim pensando bastante sobre isso esses dias, o que as pessoas fazem?

Eu fui buscar primeiro o que eu faço. Eu acho que é justo falar sobre mim. Eu não sou um homem de sucesso como eles, não sou um referencial como eles para ninguém, mas talvez a minha referência seja de um homem normal, comum, cheio de fracassos, sonhos.

HÁBITOS DE PESSOAS DE SUCESSO QUE ACORDAM CEDO

O que eu faço de manhã é, primeiro, eu tenho de restartar, reiniciar todo o meu sistema. O meu winchester está paradinho, então leva um tempo para reiniciar tudo isso. Nesse momento o que eu mais faço é conversar comigo mesmo. Um momento bom, tranquilo, silencioso, em que as pessoas ainda estão dentro de si, não saíram para o mundo. Então eu converso comigo. E com o tempo eu fui aprendendo que não sou eu que converso comigo, é alguém que me inspira a falar comigo, aquilo que eu preciso ouvir.

Eu sei que muita gente sabe do que eu estou falando. E isso é algo que transforma a vida, porque no momento em que você se ouve e é importante ouvir, principalmente aquilo que vem para você.

Então eu converso muito comigo. Nesse conversar, eu tento avaliar um pouco as coisas que estão acontecendo, planejar um pouco as coisas que virão e, principalmente, eu procuro me aproximar um pouco da minha crença, desejos, sonhos.

Então eu acho importante nós termos essa consciência, porque aquilo que você faz de manhã, realmente determina um pouco o seu espírito, o que você vai fazer o resto do dia.

Isso é muito comum na minha idade, eu levanto e ponho o pé no chão. A primeira coisa que eu falo é: "Ai!" (eu já estou nessa idade) porque dói o pé, o joelho, as costas, o ombro. Eu já estou naquela idade do condor: com dor em tudo. Mas faz parte da minha estrutura. Eu procuro compensar isso de outra maneira.

Uma das coisas que eu descobri, que é importante de se fazer, é transformar esse "ai!" em: "Que bom. Eu estou vivo novamente".

Eu até já comentei para as pessoas que o lado positivo da dor eu sei que o dia em que eu acordar e não sentir dor nenhuma, tenho de me preocupar.

"Opa! Onde eu estou? Já cheguei? Já vim para cá?". Porque enquanto durmo, eu falo: "Bom, a dor está aqui, então o trabalho está me esperando. Vamos embora.".

Eu aprendi, até para não ter aquela concepção de reclamar. Nós temos uma mania, às vezes, de reclamar das coisas.

Uma das coisas que eu aprendi foi a seguinte. A hora em que eu sentir dor eu falo assim: "Ai, meu Deus!", ao invés de falar qualquer coisa negativa.

Há gente que reclama e fala o negativo. Dá uma topada no dedão e xinga. Tá bom. Eu não vou dizer que isso não seja algo que aconteça, até mesmo comigo (aquela quebrada de dedo mínimo do pé na quina da cama, no meio da noite, realmente não é algo tão inspirador), mas nós sabemos que, muitas vezes, a nossa atitude negativa é maior. Então ter uma atitude positiva é sempre importante.

Uma coisa deu para perceber de algumas pessoas de sucesso que acordam cedo é que elas realmente acordam cedo. Acordar cedo significa estar disposto cedo para luta para aquilo que vai acontecer.

Existe uma tônica importante nisso. Você também procurar acordar mais cedo.

Ninguém está falando que dormir não seja bom. Não é isso. Eu, particularmente, tenho uma vida notívaga muito forte. Eu não consigo dormir cedo. Eu vou dormir sempre a partir da uma e meia, das duas horas da manhã, até nos dias que nós temos o programa de rádio, que eu tenho de pular às cinco. Mas é um hábito. Eu vou dormir muito tarde, porque eu trabalho muito tarde, porém eu também não consigo dormir muito tempo. É certo que o meu período de sono é curto, mas eu sinto muito a falta do meu dia produtivo se eu ficar muito tempo na cama, por que são momentos de produtividade. Eu produzo bastante à noite e produzo bem durante o dia. Eu estou revigorado pelo sono.

Mas veja só, essa é uma receita a minha que eu descobri pelas minhas necessidades. Agora, o importante é saber o que eles descobriram, por que eles são referência de sucesso. Então o que eles fazem?

Primeira coisa importante. Seguir o exemplo do Steve Murphy, CEO. Ele acorda e ele fala o seguinte: "O negócio é queimar calorias.". Ele faz ioga, ou ele dá uma caminhada.

Isso é importante por quê? Quando você faz exercícios, se movimenta logo cedo, você ativa o seu corpo. Isso é verdade. Ativa a circulação. A manhã é um momento muito importante. É o momento em que você desperta, em que todas as esperanças estão ali na sua frente. Você vai reiniciar a sua jornada. Todas as oportunidades estão na sua mão e você precisa começar bem.

Quando ele fala em queimar calorias, na verdade está falando em se exercitar, se movimentar, em ativar a mente, o que leva você a ativar o seu espírito, o que leva você a movimentar a imaginação e a criatividade.

Há gente que fala: "Quem me dera poder ter tempo de levantar e andar uma hora, fazer alguma coisa assim.". Não, dez minutos, minha gente. Às vezes são dez minutos pequenos, mas de uma rotina importante, que você vai dar uma volta no quarteirão em dez minutos. Faça isso. Não vai fazer mal nenhum. Você ativa. Quando você volta depois dessa primeira voltinha, você aqueceu, já acordou. Se você achar importante dar mais uma volta de dez minutos, você vai acordar dez minutos mais cedo.

Esse é o outro lado que você pode ter. Ou então procurar um horário dentro do seu dia em que você possa fazer isso. Mas é importante você começar bem o seu dia.

Outra dica dada. Eu fui pegando as dicas de uma série de pessoas e pegando os pontos mais importantes. Nem todas, infelizmente, têm a referência de quem falou, como essa daqui.

Motivação

Mas motivação. Como você se motiva?

Você tem uma motivação, que ela geralmente vem de algo externo, mas você tem de procurar essa motivação o tempo inteiro. Às vezes nós precisamos. Motivação é algo que vai e que vem. Ela está presente, mas ao mesmo tempo, em alguns momentos, ela desaparece, se desgasta e você se desmotiva.

E como você faz para se motivar?

Eu não quero aqui falar em hábitos que talvez não façam parte da realidade da maioria das pessoas e que, de repente, deveriam fazer, sendo que ela foge da realidade mesmo, foge às nossas possibilidades, mas existem coisas que nos motivam que são importantes.

Eu vou falar de mim porque é como eu sei que faço, mas está ligado ao conselho do que eles fazem. Então eu vou procurar coisas que são motivadoras.

Por exemplo, ouvir música. A mim, isso é algo extremamente motivador. Então eu gosto pela manhã, até quando eu começo meu trabalho, eu tenho a minha gravação.

Eu gosto de ouvir um Jazz antigo, tradicional. Um Blues. Eu gosto até mesmo de alguns boleros. Muitos boleros latinos eu ouço. E coisas antigas também da minha época. O Queen, Ozzy Osbourne, Whitesnake, tudo quanto é rock pesado.

Hoje em dia, os meus filhos falam: "Pai, como é possível? O senhor gosta do Queen? O senhor está moderninho.". Não meu filho, eu não estou moderninho. Eu fui ao primeiro Rock in Rio. Eu fui ver o Queen quando ele veio aqui em São Paulo. Então não sou eu que sou velho, eu estou dentro do tempo, você anda um pouquinho atrasado. Mas o que é bom não tem tempo.

São coisas boas, músicas boas que motivam, aquelas antigas da nossa época de juventude nos rejuvenescem porque nos reportam novamente àquela época e aquelas que são inspiradoras. Uma música de boa qualidade sempre é importante.

Outra coisa importante é você ouvir um bom programa de rádio. Por isso um bom conselho é você sempre ouvir aqui o Programa Acertar é Humano, todas as quintas-feiras às sete horas da manhã.

 O professor Nelson Sartori, o professor Sulivan França, aqui trazendo para vocês um pouco sobre o mundo corporativo, o pensamento dos homens de sucesso, tudo dentro da filosofia do coaching.

Já aproveitando e fazendo a nossa propaganda. Tudo patrocinado pela SLAC Coaching. Uma das maiores empresas de coaching da América Latina e de treinamento e formação.

Motivar-se. Ouçam histórias boas. Assista a um bom filme. É lógico que você não pode fazer isso o tempo inteiro, mas só que há uma gama grande de coisas que você pode fazer pela manhã. Ouvir um bom programa. Fazer as suas orações, se você crê nisso, é religioso. Aquilo que traz para você uma energia positiva.

Agora, existe um ponto que eu achei fantástico. Que é muito difícil, nós nunca nos lembramos.

A primeira coisa que podemos fazer de manhã é agradecer.

Gratidão. Está aí uma coisa que às vezes esquecemos.

Mas o mais interessante foi a definição de gratidão que eu ouvi. Gratidão é você querer aquilo que você já tem. Amar aquilo que você tem.

Porque temos sonhos, queremos muito aquilo que virá. Aquilo que virá, que nós queremos, amamos, projetamos a nossa vida. Mas nós não dedicamos amor aquilo que nós temos: a conquista já é um fato do passado, ele não faz parte. Isso é muito errado.

Felicidade é todos os dias. Então eu tenho de amar aquilo que eu tenho. Ser grato é desejar e querer aquilo que você já tem. Eu achei isso fantástico. É o que as pessoas bem-sucedidas fazem.

Ele não é um insatisfeito, é um procurador, um buscador, está sempre em busca de algo novo, mas em nenhum momento se deve rejeitar ou renegar o que se tem. Aquilo que você tem é produto daquilo que você constrói.

Mas há aqueles que construíram muito mais coisas do que eu. Talvez a carga deles tenha sido mais leve e tenha permitido que eles tenham se dirigido para esse lado. Às vezes as dificuldades que temos só nos são colocadas porque nós temos força, realmente, para suportar.

Suportar uma vida de trabalho, de dedicação à família, de sacrifício. Uma vida em que você tem de saber que amanhã as coisas nem sempre podem estar certas, só é administrada se você tiver força para encarar o que vem. Então você tem de encarar, mesmo as coisas difíceis.

Eu costumo ter isso sempre em mente. As dificuldades são colocadas para mim porque eu sou capaz de suportar, porque eu tenho força para suportar, senão isso não teria sido dado para mim. Se eu continuo vivo hoje e as dificuldades estão sendo apresentadas novamente é porque eu posso suportar tudo isso. Se eu tenho força e confiaram em mim, me colocaram isso nas mãos, eu vou levar em frente. Então gratidão é importante.

Agora vem aqui duas pessoas que admiro bastante. Uma é o Steve Jobs, a outra é o Bill Gates.

Eu os admiro porque eles têm ideias bastante claras. Mas eu, pensando neles, veio uma coisa importante na mente, que é a ideia da gratidão.

Muitas vezes nós não agradecemos por tudo o que acontece. Você já imaginou o que seria o mundo de hoje sem esses dois homens? Quantos séculos nós saltamos a partir dos ideais de dois homens que modificaram toda a ciência e história de nosso mundo? Dois homens.

“Mas são os homens mais ricos do mundo.”.  Eu acho que é pouco perto do que eles ofereceram, para ser bem sincero.

Imagine hoje em dia você viver sem a estrutura da informática. Seria possível? Completamente, totalmente impossível. Ninguém disse que seria impossível, mas veja o quanto o mundo que nós vivemos avançou por causa disso.

Você acha que é coincidência dois homens, praticamente da mesma idade, na mesma época, conquistarem ideias, terem a inspiração daquilo que modificaria o mundo em que nós vivemos? Então isso é coisa para pensarmos um pouquinho.

Justamente por essa inspiração que eu acredito que foi dada a eles, eu gosto de ouvir muito bem àquilo o que eles têm a falar, ou que já falaram.

Uma do Steve Jobs que eu acho muito interessante, e ele falava isso muito, era o seguinte:

— Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que eu encontrei para me ajudar a fazer grandes escolhas na vida. Saber que um dia eu vou estar morto, garante para mim que eu tenho de fazer alguma coisa agora.

E ele realizou muitas coisas.

Ele mesmo pergunta.

— Se hoje fosse o seu último dia de vida, você ainda faria o que está planejando fazer hoje?

Pense nisso. "Hoje é o meu último dia de vida". Esse seria um exercício importante para nós termos em mente quando levantamos.

E se hoje for o meu último dia de vida? Eu vou vivê-lo como?

Isso faz com que olhemos para o lado. E olhar para o lado significa ver as pessoas que estão conosco, o que motiva as pessoas, o que nos motiva.

Uma outra coisa que eu gosto de pensar que me motiva todos os dias, é o amor pelas pessoas que estão ao meu lado. Tudo aquilo que eu amo, não só as pessoas mas é tudo o que eu amo e que me motiva a levantar da cama, dar o meu próximo passo é o meu trabalho, a minha família, a relação com a espiritualidade, a relação com as pessoas.

Tudo aquilo que faz parte do meu universo e que eu amo me motiva dentro daquele dia porque eu sei que existem muitas coisas que eu posso fazer e posso amarrá-las e tornar todas as minhas realizações produto de tudo isso, voltadas para aqueles a quem eu amo e para aquilo que eu dedico a minha vida.

Se eu não buscar esses objetivos da minha vida, não tenho por que colocar o pé toda a manhã no chão e dizer o meu "Ai!". O "Ai!" eu sei que vem, é a certeza. A outra certeza: um dia esse "Ai!" não virá.

Agora outra coisa que eu achei interessante que foi falada aqui foi a seguinte. "Engulo sapo antes de tudo.".

Engolir o sapo antes de tudo significa o quê? Significa um conselho que eu costumo dar até para aqueles que vão fazer prova.  

Como vocês sabem, a minha vida como professor público em concurso público me levou muitas vezes a avaliar, pesquisar, qual a atitude e o comportamento de um candidato quando ele vai prestar uma prova. E nós chegamos a algumas conclusões, por amostragem, para poder orientar os próximos, que é você começar pela parte mais fácil.

Então o que é o mais fácil?

Quando você tem uma conquista a fazer, a ser feita, você começa pelo mais fácil, porque você faz com maior rapidez. E depois, com a experiência do mais fácil, você conquista o mais difícil porque você já aprendeu.

Então se você fracassar durante a sua jornada, você nunca fracassará sem ter feito coisa alguma. Você sempre fez alguma coisa. Então aquilo que é fácil te ajuda, mas você tem de fazer.

Essa é uma postura bem diferente do que nós vamos falar agora.

Quando se fala que você deve engolir sapo logo cedo, a motivação dada nesse contexto é que se acredita que se você acordar cedo e pegar algo bem difícil para fazer e conseguir realizar (mas, vejam, tem de ser algo realizável: "Hoje eu vou fazer aquilo que eu estou protelando há tanto tempo. Vai ser a primeira coisa que eu vou fazer, a minha motivação do dia é vencer esse problema"), você terá motivação para fazer tudo aquilo que virá na sequência.

Então o que eu preciso mais do que nunca fazer? O que é necessário? O que vai ser difícil de fazer hoje?

Então eu vou dedicar todo o meu esforço nesse momento extremamente dinâmico que é o da manhã. E ele é dinâmico, principalmente, a partir do momento em que você tomou consciência e que o seu dia começou.

Eu não estou falando ainda no momento em que você escova os dentes em frente ao espelho e baba na pia, nós ainda estamos em um momento de primeiros passos. Depois que esse processo básico terminou, que você fez a barba, ou então a mulher que já penteou o cabelo, fez a sua maquiagem básica, começa a passada, começa o seu caminho para a conquista do seu dia.

E nesse momento ele diz: "Encara logo a sua dificuldade e supere.". Isso vai ser importante.

Agora outra coisa que eu acho também muito importante, que é para você começar o seu dia (e essa daqui mexe bastante comigo) é:

— Se aproxime do seu parceiro.

Ele fala parceiro porque tem de ser a pessoa que está ao seu lado. Se aproxime dela.

Muitas vezes nós saímos de casa e não dizemos "até mais", "tchau". Nós vamos criando, às vezes, alguns hábitos ruins que são da rotina. E a rotina, às vezes, nos leva a levantar sempre ao lado da mesma pessoa e, às vezes, nós começamos a poupar essa pessoa de um bom-dia para não a incomodar.

Incomode-a sim. Cutuque a pessoa na hora em que você está indo e diga "bom dia".

Se ela reclamar:

— Poxa, você me acordou.

— Acordei sim. Para poder dizer "oi" para você porque senão eu vou embora sem dizer "oi", "tchau", sem dar um beijo. Mais importante do que você continuar o seu sono é eu dizer o meu tchau sim. Você pode voltar a dormir, agora, o beijo de hoje, se ele se perder, não vai voltar.

Então não deixe de dar o beijo na pessoa que está do seu lado. Esse beijo pode nunca mais voltar para você.

Então nunca deixe de se aproximar da pessoa que está ao seu lado. Se ela está ao seu lado, é para isso. Ela com certeza não vai reclamar se você estiver indo fazer um carinho nela.

Se levantar, cutucar a pessoa e falar assim: "Levanta e vai fazer o café para mim que estou atrasado", qualquer um xinga. Isso é justo porque o outro chegou atrasado e aí sim transfere para quem está deitado dormindo e que não estava atrasado. Eu acho sim, uma maldade. Está atrasado? Tome café na padaria lá na esquina e pronto.

Mas eu acho que esse conceito é bastante importante, você ter em mente que, mesmo acordando sozinho, você tem sempre pessoas ao seu lado, e essas pessoas são importantes. Então dê valor.

Se é no seu trabalho, que você convive bastante tempo com as pessoas, comece sim o seu dia cumprimentando todos, sendo educado, não fazendo diferença. Na nossa essência somos todos iguaizinhos, fazemos todos a mesma coisa, todos os dias. Não é a nossa conta bancária que determina isso, até mesmo porque ela pode ser zerada.

Nós já tivemos exemplos de muita gente que foi dormir com dinheiro e acordou sem nada.

Isso significa que ele morreu?

Só se ele tirou a própria vida, do contrário isso não aconteceria.

Então é o nosso pensamento de hoje. Já que a primeira coisa que nós temos que fazer durante o nosso dia é ter um pensamento positivo, eu espero ter plantado uma coisa boa no coração de vocês em nosso programa de hoje.

Um grande abraço a todos vocês e até a nossa próxima semana. Até mais!

♪ [tema acertar é humano] ♪

Você ouviu pela Mundial o Programa Acertar é Humano. Apresentação Sulivan França e Nélson Sartori. Uma produção da Sociedade Latino-Americana de Coaching, a elite do coaching no Brasil.

Outros Podcasts

037 - Programa Acertar é Humano: de 04/12/2014

#037

No Programa do dia 04/12 o professor Nélson Sartori abordou o tema “Qual o segredo das pessoas ricas e bem-sucedidas?” Durante o Programa o professor falou sobre o resultado de uma pesquisa realizada com pessoas que alcançaram esse estatus. O que eles fizeram para chegar lá? Para finalizar o professor Nélson deixou uma pergunta para reflexão do ouvinte e na “Dica do Professor” ele falou sobre o uso do S e do Z.

036 - Programa Acertar é Humano: de 20/11/2014

#036

Os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori abordaram no programa, do dia 20/11, o tema “Motivação”. O que é motivação? O que faz com que você levante pela manhã em busca de uma ação? Sua meta está alinhada aos seus valores? O que lhe motiva? Na “Dica do Professor, Nélson Sartori explicou o significado da expressão “Sangria Desatada”. No “Minuto do Coaching” o Master Coach Sulivan França deixou uma pergunta para reflexão do ouvinte.

035 - Programa Acertar é Humano: de 13/11/2014

#035

No programa do dia 13/11 o professor e apresentador Nélson Sartori falou sobre “Hábitos”. Como algumas manias podem agregar ou trazer dificuldades à rotina? Qual o efeito em nossas vidas ao obter hábitos positivos? Para fechar o programa Nélson deixou a pergunta no “Minuto do Coaching” e, em seguida, na “Dica do Professor”, explicou a diferença e o uso correto de “mais e mas”.

034 - Programa Acertar é Humano: de 06/11/2014

#034

O apresentador Nélson Sartori falou sobre o tema “Diversidade Cultural”. Durante o programa do dia 06/10, ele citou a importância da pluralidade cultural do Brasil. Para finalizar o programa, o professor Nélson lançou a pergunta do “Minuto do Coaching” e na “Dica do Professor” explicou a expressão “A rua da amargura”.

033 - Programa Acertar é Humano: de 30/10/2014

#033

O tema discutido no Programa do dia 30/10 foi “Desempenho no trabalho”. Os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori deram 5 dicas para aumentar o desempenho no trabalho. No final do programa, na “Dica do Professor”, Nélson Sartori explicou a expressão “Cair nos braços do Morfeu” e Sulivan França deixou a uma pergunta para o ouvinte no “Momento do Coaching”.

032 - Programa Acertar é Humano: de 23/10/2014

#032

No dia 23/10 os apresentadores do Programa Acertar é Humano discutiram a questão da “Intolerância” e as muitas divergências causadas quando não há o respeito das opiniões alheias, seja na política, na sociedade, etc. Na “Dica do Professor”, Nélson Sartori respondeu uma questão de um ouvinte: “O que significa bode expiatório?”. E para finalizar, o Master Coach Sulivan França lançou uma pergunta aos ouvintes no “Minuto do Coaching”

031 - Programa Acertar é Humano: de 09/10/2014

#031

No Programa do dia 09/10 o apresentador Nélson Sartori abordou o tema “Conflito” juntamente com a convidada e Master Coach Tália Jaoui. Durante o programa eles discutiram sobre o conceito de diálogo, debate e discussão. No “Minuto do Coaching” Tália lançou uma pergunta reflexiva aos ouvintes: “O que você ganha e o que você perde quando entra em um combate, embate? E pra finalizar, o professor Nélson explicou o conceito do termo “Feito na coxas”, na “Dica do Professor”.

030 - Programa Acertar é Humano: de 02/10/2014

#030

No Programa do dia 02/10, o apresentador Nélson Sartori bateu um papo com a Master coach Tália Jaoui que também é apresentadora do programa Conexão Comportamento pela TV UOL. Tália falou sobre sua experiência como formadora de novos coaches e como apresentadora. Na “Dica do Professor” Nélson Sartori explicou de onde surgiu o termo “rodar a baiana”.

029 - Programa Acertar é Humano: de 25/09/2014

#029

Em 25/09 os apresentadores do Programa Acertar é Humano falaram sobre “Oportunidades”. O que está se abrindo para você que você pode se beneficiar? E quais são os riscos e ameaças que estão presentes na sua vida? O professor Nélson Sartori explicou a expressão “Dar uma canja” na “Dica do Professor” e, para finalizar, o Master coach Sulivan França deixou uma reflexão para os ouvintes no “Minuto do Coaching”.

028 - Programa Acertar é Humano: de 18/09/2014

#028

No Programa Acertar é Humano de 18/09 os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori abordaram o tema “O que nos movimenta?” Quais são nossos pontos que têm o papel de uma alavanca em nossas vidas? E quais são os pontos que precisa de melhoria? Na “Dica do Professor” Nélson Sartori explicou sobre o significado da expressão “araque”.

027 - Programa Acertar é Humano: de 11/09/2014

#027

Em 11/09 os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori abordaram o tema “Inovação”. Para incrementar a discussão os locutores receberam no estúdio o empresário Raphael Ribas, que deu dicas para quem quer inovar. Para finalizar o Programa o Master Coach Sulivan França, lançou a pergunta do “Minuto do Coaching” e na “Dica do Professor”, Nélson Sartori explicou a expressão “da pá virada”.

026 - Programa Acertar é Humano: de 04/09/2014

#026

No Programa Acertar é Humano do dia 04/09 os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori falaram sobre “Modelo Mental”. O que motiva as pessoas a saírem do estado de estagnação e mudar o rumo de suas vidas? O Programa também contou com a participação especial de Carla Binsfeld. Na parte final Sulivan França lançou a pergunta do “Minuto do Coaching” e na “Dica do Professor”, Nélson Sartori explicou o significado da expressão “preto no branco”.

025 - Programa Acertar é Humano: de 28/08/2014

#025

No último Programa do mês de agosto (28/08) o apresentador Nélson Sartori abordou o tema “Coaching, educação e sustentabilidade”. Qual a importância do trabalho do coaching para a educação do nosso país? O professor no papel de coach sendo questionador e estimulador do aluno.

024 - Programa Acertar é Humano: de 14/08/2014

#024

Em 14/08, no Programa Acertar é Humano, os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori abordaram o tema: “Inteligência Emocional e os fatores que podem contribuir positiva ou negativamente para a nossa vida”. Durante o programa foram discutidos seis tópicos para explicar o que é ter Inteligência Emocional. Na “Dica do Professor”, Nélson Sartori falou sobre o uso dos “parênteses”. E, finalizando, Sulivan França comentou sobre o “Minuto do Coaching”.

023 - Programa Acertar é Humano: de 07/08/2014

#023

No Programa Acertar é Humano do dia 07/08 o professor Nélson Sartori abordou o tema Inteligência Emocional. Tudo acontece perante uma atitude mental positiva. Todo o sucesso da vida inicia-se com o pensamento. Saber lidar com as emoções e sentimentos de uma forma racional é ter Inteligência Emocional. No final do programa, na “Dica do Professor” Nélson falou sobre o uso do verbo “morrer”, e lançou a pergunta no “Minuto do Coaching”.

022 - Programa Acertar é Humano: de 31/07/2014

#022

O Programa Acertar é Humano do dia 31/07 os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori fizeram um programa especial sobre o tema Coaching. Qual é o foco do processo de coaching? Autoperformace, estratégia, planejamento foram alguns dos assuntos abordados dentro desse tema. Na “Dica do Professor” Nélson Sartori falou sobre o uso da vírgula. Para finalizar Sulivan França deixou uma questão para o ouvinte no “Minuto do Coaching”.

021 - Programa Acertar é Humano: de 24/07/2014

#021

No Programa do dia 24/07 os apresentadores abordaram o tema “Os 7 Pontos de alavancagem”. Foram debatidas dicas para impulsionar o negócio do novo empresário. Através de perguntas e análises os apresentadores levaram aos ouvintes dicas preciosas para alavancar o novo empreendedor em seu mercado. Na “Dica do Professor”, Nélson Sartori falou sobre o superlativo, já no “Minuto do Coaching” o master coaching Sulivan França lançou uma pergunta provocativa para a reflexão dos ouvintes.

020 - Programa Acertar é Humano: de 17/07/2014

#020

“A segunda carreira”. Esse foi o tema do Programa Acertar é Humano do dia 17/07. Como encontrar uma segunda carreira. Existe uma idade certa para ter o desprendimento para migrar para uma segunda carreira? O que essa outra opção de carreira oferece como perda e como ganho? Essas são algumas das questões levantadas pelos apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori. Na parte final do Programa o professor Nélson respondeu a dúvida de uma ouvinte que questionou o significado da expressão “engolir sapo”. Já o master coach Sulivan lançou a pergunta no Minuto do coaching.

019 - Programa Acertar é Humano: de 26/06/2014

#019

No dia 26/06 o tema abordado no Programa Acertar é Humano foi "Carreira". Os apresentadores responderam perguntas dos ouvintes sobre a formação de um coach - investimento, retorno e mercado em geral. Como o coaching pode influenciar qualquer carreira. Na “Dica do Professor”, Nélson Sartori explicou a expressão popular "eira nem beira". E para finalizar o programa, o master coach Sulivan França deixou uma reflexão sobre carreira no "Minuto do Coaching".

018 - Programa Acertar é Humano: de 19/06/2014

#018

No Programa Acertar é Humano do ferido de 19/06 os apresentadores Sulivan França e Nélson Sartori abordaram o tema "O aprender e o ensinar" Em qualquer contexto todos que ensinam também aprendem. Como essa experiência acontece com as seleções participantes da Copa do Mundo no Brasil? Na "Dica do Professor", Nélson Sartori abordou o uso correto das palavras "mau e mal". E para fechar o programa, no "Minuto do Coaching", o master coaching, Sulivan França deixou uma pergunta sobre aprendizagem.

Programa Foco e Gestão com Sulivan França

De segunda a sexta
9:00 - 18:00

+55 (11) 3670-1770

info@slacoaching.org

Av. Francisco Matarazzo
1400 - SP

Sociedade Latino Americana de Coaching

+55 (11) 3670-1770
info@slacoaching.org

São Paulo - Brasil
Centro de Treinamento
Av. Francisco Matarazzo, 1.350
Água Branca - Cep: 05001-100
São Paulo - Brasil
Sede Administrativa
Av. Francisco Matarazzo, 1.400
Água Branca - Cep: 05001-100
CNPJ: 15.229.739/0001-47
Santiago - Chile
Oficina
Suecia 42, Oficina 02
Teléfono: +56 2 2632 5042
Lima - Peru
Oficina
Plaza Ricardo Palma 107 - San Borja
Teléfono: +51 980 037 494
Cartagena - Colômbia
Oficina
Cr 3 6A Esq. Ed. Jasban 407 - B/Grande
Teléfono: +57 5 655 03 01

Conteúdo Registrado ®
Todos os Direitos Reservados
Cópia Proibida.