Eu entendi bem o que ele quis dizer. É claro que há injustiças salariais, mas temos a tendência de colocar sempre a culpa em fatores externos. Um exemplo interessante é ouvir o que as pessoas dizem que vão fazer com o dinheiro caso ganhem na loteria.

É um show de horrores. Se pararmos para fazer o cálculo, o cidadão volta a ficar pobre em menos de um mês. Prepare-se para a ajuda de Deus e para quando a sorte vier. Quem age apenas quando a oportunidade aparece corre o risco de perdê-la para sempre.

Outra coisa: no mundo competitivo e cheio de mudanças em que vivemos, não se pode perder a atenção nunca. Lembro-me de leituras que fiz sobre o técnico Bernardinho. A cada grande vitória, o treino seguinte começava uma hora mais cedo. A ideia é manter o foco.

Digite “Eike Batista” no Google e você vai ver manchetes como essa: “De bilionário a classe média: a queda de patrimônio de Eike Batista”. Tudo bem, pode haver uma discussão aqui sobre conceito de “classe média”, mas serve de exemplo. Nada permanece imutável.

Só é preciso fazer uma distinção entre manter o foco e não comemorar nunca. Como repórter, cobri o prêmio que uma concessionária recebeu da montadora. Champanhe e comida boa. O evento estava ótimo. Então, o empresário pegou o microfone.

Curiosamente, não esboçou um sorriso. Ele pode até ter dito, mas sinceramente não me lembro de ter ouvido as palavras “parabéns” e “obrigado”. De maneira geral, ele afirmou que aquele era apenas o primeiro passo e que “não ganharam nada”.

Eu me senti mal pelos funcionários que estavam lá. Que tipo de reconhecimento era aquele? Quer dizer, então, que depois daquela conquista só restava calar a boca e obter mais resultados? Como diz Gustavo Cerbasi, uma vida feliz é feita da conquista de sonhos.

Um empresário bacana é aquele que transforma o sonho dele no sonho dos colaboradores dele. Não ter habilidade para fazer isso é até compreensível, mas note que alguns fazem questão de optar pelo pesadelo. O mundo mudou faz tempo!

O líder de qualidade é aquele que fala sério quando precisa; que orienta e apoia quando as coisas estão bem; que abraça a causa junto quando há algum problema; e que conduz os colaboradores para um crescimento contínuo que trará benefícios a todos.


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

KHALED SALAMA

Master Coach

Khaled Salama é jornalista, executivo, palestrante e coach. Escreve semanalmente sobre mundo corporativo para diversos veículos de comunicação. As palestras são nas áreas de atendimento ao cliente, trabalho em equipe, liderança e motivação. Para a trajetória completa e mais informações, acesse o site: www.khaledsalama.com.br.