Essas são perguntas que nos fazemos todos os dias, e na maioria das vezes não obtemos respostas, por que não sabemos ao certo o que responder. Simplesmente porque essa resposta está tão bem escondida, num lugar tão secreto que ninguém tem a chave desse lugar a não ser uma única pessoa, você mesmo.

Nascemos e crescemos com certas “verdades” que vão guiar nossas vidas. Ouvimos essas verdades desde bebês, verdades estas que podem nos travar ou alavancar nossas vidas e carreiras rumo ao sucesso.

Essas verdades empíricas são os limitadores que criamos como uma barreira que nos impede de crescermos como pessoa ou profissional, são impostas a nós não podemos simplesmente nega-las e fingir que não ouvimos aquilo.

É algo colocado no cerne do nosso ser sem ao menos podermos lutar contra, simplesmente por ser algo que nos limitará pelo resto de nossas vidas se não conseguirmos identifica-lo para reestrutura-lo em nossa mente.

Em um comparativo, é como nossa crença religiosa; acredito em Deus e esse Deus cria limites para que eu não ultrapasse a barreira do que segundo minha crença não me convém fazer. Então crio um fator limitante como uma crença que não me fará bem fazer determinada coisa.

Mas ao contrário da crença religiosa esses limitadores nos impede de crescermos e só nos retrai e nos leva para baixo, estes são intitulados crenças limitantes.

Ao conhecermos esse fator limitante, é como uma libertação de nós mesmos, a parte que nos impede de romper passa a não ter mais poder sobre nós. Assim descobrimos nosso maior potencial, sonhos e perspectivas enterrados passam a ser novamente despertados e reacendidos e novamente postos como objetivo em nossa vida.

As crenças limitantes nos impedem de conseguirmos alcançar nossos objetivos e colocá-los na gaveta. Quer descobrir como? Pergunte me como! Vamos juntos fazer coaching!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Diego dos Santos Calixto

Life Coach