Mudança na carreira e o coach como apoio
Atualmente no Brasil há mais de 14 milhões de desempregados de acordo com o IBGE. Com tamanha demanda desempregada surge situações onde o profissional além de ter dificuldades em iniciar suas atividades devido à concorrência, também esbarra na questão do salarial, tendo que aceitar uma menor remuneração para garantir o retorno ao trabalho.

Diante destes fatos, o que estes profissionais desempregados têm feito para se diferenciar da demanda desempregada e garantir o novo trabalho? E o que os profissionais empregados estabilizados estão fazendo para garantir o emprego neste cenário hostil de muita demanda trabalhadora?

Quando o foco é no problema, os pontos fracos tendem a ficarem mais evidentes, sensações de perda, aumento da ansiedade, impotência, estresse, falta de criatividade, falta de motivação.

É nesta situação que pessoas sem o plano B estruturado se juntam a milhares de pessoas desempregadas.

Como o profissional de coaching atua com estes diversos fatos negativos para alavancar a autoestima e foco na solução?

Ao contratar sessões de coaching a pessoa que está com foco no problema (desemprego) irá passar por vários processos, no qual entenderá quais são seus pontos fortes com mais clareza e pontos a melhorar para enfrentar os desafios atuais, criando um estado desejado (voltar ao mercado de trabalho).

Com plano de ações semanal traçadas pelo coach, a pessoa começa a visualizar oportunidades em romper a barreira do desemprego.

Já o profissional que se encontra estável num cenário de 14 milhões de desempregados, ao contratar o serviço do coach ele entenderá quais seus pontos fortes e a melhorar e que atitudes tomar para melhorar sua performance no âmbito profissional, trabalhando no entendimento de não procrastinar e sempre trabalhando o algo mais para buscar destaque na empresa onde atua.

O profissional de coaching trabalha com foco na solução tornando em evidencia os pontos fortes do indivíduo, potencializando e criando a sensação de que sempre precisamos mais para não cair num cotidiano que tomadores de tempo (redes sociais, seriados, etc) buscam tirar a todo o momento o foco dos resultados.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.