Veja o diálogo:

- Você as trata como iguais! São ovelhas. São inferiores.

- Ah não. Não são!

- É claro que são! Somos seus senhores, Babe. Deixe que duvidem por um segundo e elas abusam de você. Faça com que se sintam inferiores. Abuse delas. Insulte-as!

- Mas vão rir de mim.

- Então morda! Seja durão! Custe o que custar, faça com que obedeçam!

O porquinho vai até as ovelhas.

- Mexam-se daí suas.... suas.... debiloides!

Elas riem. Motivado, Babe parte para a estratégia da mordida. Surpresa, uma das ovelhas diz:

- Jovenzinho, pare com essa tolice. O que aconteceu com você? Acabei de dizer que era um porquinho bonzinho.

- Estava só tentando ser um cão pastor.

- Já há lobos demais no mundo e você é tão bonzinho. Quer virar mais um? Isso não está em você, jovenzinho.

- Desculpe pela mordida. Você está bem?

- Bem, eu nem chamo isso de mordida. Tem algum dente nessa boca mole ou só gengiva?

Todos riem. E a ovelha completa:

- Um coração de ouro! Chega dessa bobagem de lobo, jovenzinho. Um porquinho bonzinho assim só precisa pedir.

E as ovelhas se dirigem, tranquilamente, até o cercado.

Essa cena nos traz um belo ensinamento sobre a diferença entre chefia e liderança. As ovelhas perceberam que aquela maldade não fazia parte da essência de Babe e resolveram obedecê-lo pelo que ele sempre demonstrou ser. A “mordida” soou falsa, sem força. Não era ele.

Nesse contexto, os cães conseguem fazer com que as ovelhas se mexam a qualquer hora. Porém, é sempre na base da violência e do grito. Não há respeito. O bom de conquistar é que, depois, a contrapartida vem de forma automática. Faz muito mais sentido!


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor do post identificado abaixo.

  0   0

KHALED SALAMA

Master Coach

Khaled Salama é jornalista, executivo, palestrante e coach. Escreve semanalmente sobre mundo corporativo para diversos veículos de comunicação. As palestras são nas áreas de atendimento ao cliente, trabalho em equipe, liderança e motivação. Para a trajetória completa e mais informações, acesse o site: www.khaledsalama.com.br.