Hoje estou escrevendo um pouco sobre a letra C da palavra crise que aqui vamos chamar de CRIAR.
Para ser criativo não basta sentar e esperar. Na verdade, para criar é necessário que haja mais transpiração do que julga o senso comum. Mas não no sentido literal da palavra. Isso quer dizer que para aguçar a criatividade, o profissional tem que ser um eterno aprendiz, buscando sempre obter conhecimento e informação. Quanto mais informação adquirida, mais facilmente ocorrerão possibilidade de ideias e consequentemente, o profissional terá mais chance de encontrar oportunidades onde outros verão apenas adversidades.

Para ser criativo, um profissional precisa se sentir livre de julgamentos e pressões, o que raramente acontece num contexto como o que estamos vivendo. Na prática, o nervosismo dos gestores e o medo de errar inibem soluções que poderiam ser a salvação do negócio.

Mas como driblar esses obstáculos e usar a imaginação na crise?

1. Defenda-se do desânimo dos outros
É preciso lutar para não se contaminar pela melancolia geral - ou você acabará sem energia para criar. Para se manter positivo, tente se cercar de pessoas positivas, otimistas, que ainda tenham gás para trabalhar.

2. Busque movimento
Sua cabeça está começando a se repetir? Mude de posição ou saia do recinto em que você está. Além de relaxar os músculos, movimentar o corpo ajuda a desprogramar um raciocínio viciado.

3. Olhe para fora
Fazer benchmarking é importante, mas também é essencial observar as práticas de outros setores para se inspirar. Trabalha com cosméticos? Discuta sobre seus problemas com quem trabalha com automóveis. Buscar referências “estranhas” ao seu mundo pode ser um impulso precioso para a criatividade.

4. Faça parcerias
Você não precisa inventar todas as soluções sozinho, a criatividade muitas vezes nasce do trabalho colaborativo. Em vez de se isolar em busca de uma "grande ideia", procure a ajuda de seus colegas de trabalho e pares do mercado.

Exemplo de Criar
O aplicativo UBER que hoje é conhecido mundialmente foi criado em uma noite fria em Paris quando os seus criadores participavam de um evento de tecnologia e empreendedorismo e quando estavam indo embora não conseguiram encontrar nenhum táxi, imaginaram um serviço com o qual era possível chamar um carro com motorista particular com apenas um toque na tela do celular,

Então é isso, espero você no próximo. E lembre-se dos 3Cs - Curta, comente e compartilhe.
NÃO ESPERE, FAÇA ACONTECER.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Hessler Rossler

Life Coach

Bacharel em Administração com ênfase em Comex, Pós Graduado em Logística empresarial, Graduado em Black Belt, Personal e Professional Coach, Especialista em Gestão de Tempo e Produtividade e atualmente cursando Mestrado em Educação.