Dez anos depois da promulgação da Lei Maria da Penha ainda temos inúmeras notícias de mulheres violentadas física e moralmente, expostas à loucura de homens que acreditam que mulheres são escravas à mercê de suas vontades, mandes e desmandes.

Além da garantia da aplicação da Lei que foi criada com muito empenho por uma mulher guerreira “Maria da Penha“ que sofreu muitíssimo com a violência praticada pelo marido, que lutou mais de 19 anos para que a justiça fosse feita, outros fatores devem acontecer para que essa situação deixe de existir, o investimento em educação, cultura e um novo olhar da mulher para ela mesma, e é a partir desse ponto que quero falar sobre o empoderamento feminino.

Existem muitas definições para essa palavra, acredito que empoderar-se e posso começar dizendo que empoderamento é ser dona da sua própria vida, ser dona das vontades, viver desejos, dissabores e amores.

Empoderamento é a capacidade de escolha, é decidir quem sim, quem não e quem nunca, é determinar o lugar das pessoas em sua vida e o papel que elas desempenharão.

Empoderamento é saber o que é melhor pra você em todas as áreas da sua vida, é desejar, decidir, planejar e executar e jamais deixar de sonhar.

É ser respeitada não pela força física, tão pouco por imposição da lei, mas por ser um ser humano de tamanha grandeza capaz de gerar vidas, por ser profissional capacitada, tanto quanto, ou até mais que os homens. É ser respeitada pelo fato de ser humana e isso por si só isso já é o bastante.

Empoderamento é a decisão da sua forma de amar, é ser livre para transitar entre os limites estabelecidos exclusivamente por você.

Empoderamento é respeitar-se e não admitir que nem um dedo seja levantado para cometer agressão, que a voz também não, e mesmo que sobre a ação do outro não tenhamos controle, a resposta para essa ação pode mudar tudo, e isso só depende da sua coragem, do seu poder de empoderar-se.

Empoderamento é estar conectada com sua força interior aquela, que te faz uma gigante, que te faz mãe, mulher, profissional, que sela tudo o que há de único em você.

Empoderamento é ser dona de tudo o que a engloba, e com esse todo ser sua melhor versão.

Empoderamento é ser livre pra ser P, M, G, GG, extra G é ter o cabelo do tamanho, textura e cor que bem entender, é ter piercing, tatuagem ou não, é ser extrovertida, contida, exagerada, debochada.

Empoderamento é ser sua protagonista ,ser dona da sua própria história.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  1   0

Vanessa Correa de Oliveira