Olhar para o trabalho, nos dias de hoje, nos remete a uma nostalgia. Tantas incertezas, tanta insegurança...

Analisemos quais são as principais queixas. Refletir sobre elas pode ajudar.

Falta de orientação da chefia: boa parte dos chefes precisa, sim, melhorar a orientação dada à equipe, trazendo estímulo, clareza de objetivos e transparência, principalmente em tempos de crise. Contudo, a motivação é intrínseca e seria injusto colocar a responsabilidade pelo sucesso em nossa carreira na mão deles. Nós somos responsáveis por ela;

Desenvolvimento pessoal insuficiente: dedicando boa parte de seu tempo à organização, o colaborador “espera” que a organização o ajude a evoluir na sua carreira. Essa questão deve estar no foco do colaborador. Esperar, só faz o tempo passar. Cabe a cada um procurar analisar e saber do que está precisando para crescer em sua ocupação.

Chefe despreparado para a função: sempre poderemos nos deparar com esta situação. É necessário termos em mente que todas as pessoas estão sempre em desenvolvimento. Portanto, façamos para colaborar com o crescimento da equipe, nos tornando prestativos e atentos às necessidades dela, auxiliando o chefe na busca de resultados.

Falta do reconhecimento de direito: se focarmos somente na questão salário, nos frustraremos. Certamente, não é o salário que nos torna satisfeitos. E, sim o reconhecimento por um bom trabalho realizado. Então, procuremos identificar qual trabalho é esse, onde encontrá-lo e planejar para alcançá-lo o mais rápido possível. Assim, teremos dias mais felizes, tendo como consequência um salário para nos manter.

Ideias ignoradas: há muitas reclamações neste sentido. Paremos para refletir na seguinte questão: quando fornecemos uma ideia, ela é somente isso. Dar a ideia não significa que ela deverá ser colocada em prática. Uma ideia precisa ser analisada. A visão do superior é muito mais ampla que a do colaborador. Assim, dedique-se ao seu desenvolvimento e continue dando suas ideias e sugestões. Isso fará bem ao grupo porque, quando for oportuno, ela será aproveitada e o mesmo será bastante beneficiado. 

Ausência de um propósito no trabalho: saber qual a finalidade de seu trabalho e dar valor ao que faz é muito importante para se sentir útil e satisfeito. Assim, se a informação não chegar pelo seu chefe, vá atrás dela. Busque, pesquise e não espere tudo de “mão beijada”

O trabalho ocupa espaço em nossas vidas. Faz parte dela desde muito cedo. Sabendo cuidar adequadamente dessa área, certamente conseguiremos grandes progressos.
Transforme sonhos em realidade

Precisamos nos conhecer, saber de nossas potencialidades e limitações. Devemos traças objetivos desafiadores, porém atingíveis. Cuidemos de nossa área profissional porque ela é um dos pilares sem o qual nossa vida se tornaria sem sentido.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.