Pois é no caminho que o desafio vai ensinar algo, é no caminho que se gera aprendizado e não o resultado final. Pense por um instante, se você tivesse o poder para não passar por desafios, indo logo para o resultado final desejado certo? Agora pergunto, teve aprendizado com isso?

Tivemos uma breve ideia do quanto é importante o desafio, mas quero atentar para mais uma coisa que chamamos de criatividade. Quem já se viu encurralado na parede do "não sei o que fazer" e colocou em prática a criatividade, sabe onde quero chegar, estamos vivendo um momento de crise e será que nossa única saída é ganhar mais dinheiro?

Queremos ganhar mais que nossos concorrentes e ser o melhor naquilo que fazemos, acho uma ótima saída e escolha, mas não é a solução. Nos inspiramos em gigantes da indústria como John Rockefeller e Andrew Carnegie, lutando para mostrar quem é o melhor, mas na verdade esquecemos que os mesmos sentiam a adrenalina em ter desafios e em criar, e muitos de nós não queremos desafio ou criar, mas queremos muito dinheiro, como ganhar muito dinheiro se não incluirmos estes dois ingredientes?

Uma revista da área de Recursos Humanos vem falando em uma de suas edições deste ano que até 2020, 7 milhões de brasileiros perderam seus empregos, mas não pense que é por conta da crise, mas sim pelo simples fato de não criarmos, o nosso papel hoje nas organizações de fazer tudo no "automático" e muito monótono vai ser substituído pela tecnologia e quem não criar, pode correr o risco de se ver enfadado ou frustrado, gostamos de chegar em nossas salas e escritórios e fazermos o que tem que fazer, ficamos felizes em simplesmente fazer aquilo que está na "veia" mas todos os dias batemos na porta da mudança pedindo para que nos atenda, mas só encontramos a rotina do dia a dia.

É bom lembrar que ser criativo não é somente ter ideias, mas sim fazer com que elas aconteçam, agora sim começamos a criar, é aqui onde percebemos que o desafio vivenciado sem pular etapas gera a necessidade de criar. Podemos entender a fórmula e saber que a mudança só se mostra para nós se conseguirmos ser desafiados pela vida e com os desafios sermos impulsionados a criar.

"Não é o critico que conta; nem o homem que aponta onde o forte hesita nem onde o benfeitor poderia ter feito algo melhor. O crédito deve ser dado ao homem que está no campo, cujo rosto está sujo de terra, suor e sangue; que resiste bravamente; que erra, que encontra problemas, pois não existe esforço sem erro e sem problemas; mas quem se esforça para realizar os feitos; que conhece os grandes entusiasmos; as grandes devoções; que se dedica a uma causa digna; que conhece muito bem, no fim, o triunfo da grande conquista e que, na pior das hipóteses, fracassa, mas pelo menos fracassa encarando o desafio, de modo que seu lugar nunca seja com aquelas almas frias e tímidas que não conhecem nem a vitória nem a derrota." -Theodore Roosevelt , trecho de seu discurso, feito em Sorbonne, Paris.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Douglas Silva de Araujo

Life Coach

Graduado em Gestão de Recursos Humanos, Especialização em Pós-Graduação em Administração Estratégica, Palestrante, Professor de Concurso Público em Administração Geral e Pública,Gestão de Pessoas e Recursos de Materiais.