A nossa mente faz filtragens específicas para selecionar quais elementos da realidade serão percebidos. Nossos objetivos são um exemplo disso, e as crenças limitantes que impede que a pessoa acredite no seu potencial estão sempre presentes.

Chamamos de crenças, nesse cenário, o significado que damos a determinadas situações, ou seja, a forma como interpretamos algo, mas, isso é de forma inconsciente. As adquirimos ao longo de toda nossa vida, mas, principalmente na infância.

Esse conjunto de crenças específico é individual, isso significa que pessoas diferentes numa mesma situação poderão interpretar de formas distintas, podendo ser algo extremamente incômodo para uma, e na outra não despertar nenhuma sensação.

Contudo, na grande maioria das vezes, as situações do dia a dia são inevitáveis, e nem sempre são situações reais, e essa forma de ver o mundo, muitas vezes não beneficiam as pessoas, causando graves transtornos, inclusive interferindo nas relações da pessoa com seu meio.

A natureza das crenças 

Para vencer as crenças limitantes que impede que a pessoa acredite no seu potencial, é importante saber como são formadas, para assim poder identificá-las, mudá-las, alterá-las ou fortalecê-las de forma positiva.

A maioria delas surgem na primeira infância, próxima a idade de 7 anos, isso para as duas extremidades, positivas e limitantes. Acontecimentos anteriores a isso, não são tão influentes, e posteriores a essa idade podem ir se modificando, continuam vivas, mas, não com a mesma emoção.

Os pais, com as melhores intenções, são os primeiros a desempenhar um papel importante no processo de construção dessas crenças. Primeiro porque te orientam sobre no que acreditar baseados em suas próprias crenças, e, segundo, porque acaba usando isso como recurso didático.

A maioria desses ensinamentos são inofensivos em nossa vida adulta como, por exemplo, “se não se comportar, o papai Noel não vai trazer presente”, é bem provável que você tenha deixado essa crença no passado. Mas, contudo, algumas vão te acompanhar pelo resto da vida.

Por isso, fica a dica, os pais devem ter muito cuidado e responsabilidade com suas atitudes e palavras tanto direcionados as crianças quanto só com o fato de elas estarem por perto, vocês são o primeiro exemplo do mundo para elas copiarem, e isso vai acontecer independente da sua vontade.

Observe com cuidado essa situação de crenças limitantes que impede que a pessoa acredite no seu potencial. Se os pais apontam frequentemente que aquela criança é fraca, ou incapaz, ou as compara com os irmãos, é provável que quando adulto, tenha baixa autoestima e seja inseguro para tomar decisões.

Ou então casos como em que os pais, dentro de suas crenças limitantes, têm o hábito falar coisas do tipo “o dinheiro é o mal do mundo”, ou “todos os homens são iguais”, ou ainda “a única mulher que vale a pena é a mãe”, enfim, com certeza essa criança vai crescer acreditando nisso.

Mas essas informações ficam no subconsciente, não é uma simples opinião, onde é até comum as pessoas se expressarem ao contrário, porque essas crenças não ficam assim gritando explicitamente, é algo como acreditar no espírito de natal, mas não no papai Noel.

Vale ressaltar, que não são só os pais os responsáveis pelas suas crenças, eles têm sim uma grande contribuição, mas, ao longo da vida você vai modificando essas informações e adquirindo outras baseadas nas suas próprias experiências, realizações e decepções.

Isso inclui seus ambientes e também a influência de outras pessoas, normalmente as que você por algum motivo você admira, como professores, patrões, irmãos, outros familiares, amigos, experiências amorosas, experiências profissionais, contato com a religião entre muitos outros fatores.

Observou que estas crenças e programações estão regendo e moldando a sua vida, seu comportamento e a fundamentando sua tomada de decisões? É assim classificamos que elas acabam se tornando como verdade absoluta para sua realidade.

Hoje em dia existem profissionais que podem ajudar muito a reverter essas situações, como o coach de desenvolvimento humano, ele vai te ajudar a tomar consciência das suas crenças limitantes, e reverter isso para crenças positivas, abrindo um caminho de oportunidades para seu crescimento.

Você tem um potencial imenso, todos temos, não se limite por causa de crenças limitantes, se permita, você é capaz se acreditar ser possível, esqueça a auto-limitação, seja flexível, seu processo mental é essencial. Você constrói a sua auto-imagem através dos seus pensamentos, seja positivo.

Quebre o ciclo vicioso negativo e crenças limitantes que impede que a pessoa acredite no seu potencial, e aproveite todas as dicas do seu coach, ele com certeza têm muito para te oferecer.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.