Muito daquilo que realizamos, avaliamos, interpretamos, do nosso modo de pensar e agir, de acreditar se está certo ou não, são resultados de nossas crenças e valores herdados, adquiridos durante nossa jornada (desde a infância ou não); podem refletir em resultados positivos ou negativos em nossas vidas.

Muitos indivíduos acreditam que aquilo que já sabem, suas experiências são suficientes para o seu sucesso ou fracasso. Outros acreditam que novos desafios ou novas aprendizagens não serão possíveis devido sua idade, formação, classe social, ou mesmo porque alguém disse, etc., portanto não acreditam em sua superação, no seu crescimento, em melhorar ou adaptar-se. Essas crenças, estão presentes em todos os aspectos de nossas vidas: pessoal, social e profissional. Crenças que nos limitam e levam a não acreditar em nossas capacidades; que não conseguiremos realizar novas tarefas, crescer profissionalmente, relacionar-se, superar conflitos, aprender novas tecnologias/idiomas, etc., porque pensamos ser incapazes; sentimos receio de não saber o que, como fazer, e como agir.

Essas interpretações em sua maioria são negativas, e inconscientemente interferem em nossas decisões e escolhas, tornando-nos muitas vezes reféns da insegurança. Muitas vezes deixamos de tomar decisões que impedem a superação de um obstáculo, porque estamos deixando-nos levar pela interpretação de nossas crenças, daquilo que já vivemos, do que ouvimos e acreditamos que somos incapazes de superar, impedindo que sejamos bem sucedidos em vários âmbitos da vida.

Encarar as dificuldades e conflitos no processo de novas conquistas, lidar positivamente com as dificuldades de não saber ou conseguir algo sem ter habilidades exigidas, é o que irá determinar a quebra das crenças que nos limitam a almejar o sucesso de nossos objetivos.

Reconhecer a necessidade das mudanças de pensamentos e hábitos já adquiridos por falsas interpretações, e identificar qual é o nosso objetivo de realização, é um grande passo para alterar a crença já embutida em nosso pensamento, daquilo que nos limita: “eu não consigo, eu não posso, eu não devo”, simplesmente porque alguém disse ou “desdenhou”. Essas crenças nos levam a ter falsos pensamentos e interpretações de nossas capacidades, e limitam ou impedem de tornar nossas vidas melhores, desde simples desafios como exercitar-se, estudar, conviver social e profissionalmente, etc., e até mesmo que sigamos nossa vocação.

O processo de coaching é um aliado na transformação das crenças que nos limitam, em busca da superação de nossos conflitos de forma positiva, para melhorar o nível de desempenho seja espiritual, pessoal, profissional, etc. O auxílio do coach busca exteriorizar pontos positivos e relevantes, para a “quebra” dessas crenças limitantes, criando fortalezas para o sucesso de nossas aspirações. O fortalecimento de ações positivas junto ao cliente desenvolve autoconfiança e autoestima para a obtenção dos resultados. Para atingirmos nossos objetivos muitas vezes temos que errar para aprendermos, ajustando nosso foco para alcançarmos o sucesso desejado. “Mudar é uma questão de atitude; superar e ter sucesso é uma questão de focar e acreditar em suas capacidades”.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  0   0

Celi Aparecida Provinciatto Dollevedo

Life Coach

Graduação em Estudos Sociais - Habilitação Específica para o Magistério. Professional Coach. Analista DISC Profile.