Conta a Bíblia que um dia Deus chamou o profeta Jonas para ir a Nínive falar que suas maldades chegaram até seu conhecimento e que a cidade seria destruída, mas ele se negou tomando um barco em direção oposta à esta. Durante a viagem, a embarcação quase afundou e quando os tripulantes descobriram que o incidente foi provocado pela desobediência de Jonas, o atiraram ao mar. Jonas então, foi engolido por um grande peixe; ele passou três dias no seu interior até que finalmente foi devolvido à praia. Depois disso, Jonas cumpriu sua missão, mas não ficou satisfeito com seu desdobramento, permanecendo infeliz.
Este complexo de Jonas se refere à pessoa que tem medo das mudanças, do sucesso, de ser diferente e, por isso, de ser rejeitado; prefere renunciar à originalidade e viver isolado, conformado com seu destino, deixando as coisas como estão. 
Enquanto você só planeja o futuro, não existe o confronto, mas se este começa a se aproximar, ai as coisas começam a mudar, tanto física como psicologicamente. Quantas vezes você já deixou de fazer algo porque travou devido ao medo?
Quem tem baixa autoestima não irá conseguir suportar o êxito. Ao melhorar seu padrão de vida, a tendência é se boicotar, pois não se considera merecedor. Ser bem-sucedido em algo desperta emoções complexas, muitos acham que o sucesso pode trazer críticas e ameaças, gerando uma ansiedade muito grande, fazendo que com isso algumas pessoas desenvolvam bloqueios, que leva ao boicote. Nesse caso seu maior inimigo é você mesmo. 
Mas por que as pessoas sabotam o próprio sucesso? 
O que pode parecer estranho é mais comum do que imaginamos: ser bem-sucedido causa medo em muita gente. A pessoa que se sabota com frequência pode ter medo do sucesso. Não se acha capaz. A insegurança faz parte das características desta pessoa.
O medo acontece devido a qualquer situação que seja percebida como ameaçadora. Ex: Jonas é o arquétipo da pessoa que possui medo de sua autorrealização e foge ou não aceita sua vocação; então apesar da confiança que lhe foi atribuída por Deus, Jonas sentia-se incapaz, inseguro, indigno, e, por essa razão, buscava o anonimato. Em termos conceituais e amplos, considera-se que a pessoa com esse complexo procura sabotar sua autorrealização, e, quando isso não é possível, sente-se desconfortável diante de sua capacidade criativa. Neste caso não seria uma restrição imposta pelo ambiente, mas sim uma forma de auto vitimização. 
Observamos esta situação no ambiente organizacional, onde o complexo de Jonas pode manifestar-se em algumas situações como, por exemplo, aquela em que o indivíduo tem várias ideias durante uma reunião, mas opta por não expô-las por medo de suscitar o olhar e críticas dos demais. Ou ao perceber que seu chefe não está sendo suficientemente eficaz, mas, por admirá-lo, cala-se com medo de criar algum mal estar.
Alguns liderados podem apresentar bloqueios em sua capacidade criativa para continuarem anônimos e aceitos pelos demais. Nesse caso, o líder precisaria ter uma percepção para identificar esses talentos e fazê-los superar o complexo de Jonas. Dessa forma, o líder auxilia o liderado a desenvolver sua capacidade.
O coach apoia seu coachee para que este possa vencer seus medos através da superação de crenças limitantes e do conhecimento dos eventos futuros. Por exemplo: a pessoa tem medo de entrar em um quarto escuro que esta bem a frente, porque acredita que tenha algo aterrorizante em seu interior, o coach irá fazer esta pessoa obter os recursos necessários para saber que naquele quarto tem um interruptor, que ela sabe onde esta, e após ligado, a luz acenderá, quando ela o fizer vai ser possível ver com clareza tudo que tem no quarto, como também que não ha nada de aterrorizante lá. Além disso saberá o que acontecerá após ter entrado no quarto e o que mudará em sua vida após esta conquista. Esta mudança no mindset promovida pelo processo de coaching certamente exclui o medo do coachee e o aproxima da meta desejada.
Existem algumas formas para enfrentar o medo:
Tenha autocontrole da situação.
Mantenha o foco.
Visualização (veja o futuro, tente enxergar claramente o que você irá encontrar).
Exercite a respiração e postura.
Saiba quem é bom nisso, como esta pessoa faz.
Perguntas de Coaching (chegando lá, como prosseguir).

Se você tiver força de vontade, conseguira vencer seus medos, e certamente estará liberto para alcançar o sucesso e a felicidade.
Vença seus medos, vença na vida !




Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.