É por meio do amor que reproduzimos e pelo trabalho que produzimos. Amamos nossa família, amigos, e trabalhamos por nossa profissão, pelo dinheiro, pelo consumo. Porém, adoecemos pelo amor e pelo trabalho, pela grande pressão que os dois sentidos da vida nos colocam todas as manhãs quando acordamos, todas as vezes que sonhamos!

A pressão tem dois lados de uma mesma moeda, ela pode impulsionar o ser humano para que este amplie seus horizontes, e pode estagnar um ser humano por meio do medo conduzindo-o ao abandono de seus objetivos e metas. Essa pressão também pode acabar em um exacerbado sentimento de responsabilidade e produtivismo adoecendo qualquer ser humano. Saber lidar com a pressão não é tarefa fácil exige de nós um comprometimento pessoal de “policiamento” de pensamentos e comportamentos.

No trabalho vários fatores podem afetar nossa saúde mental, o ambiente de trabalho, a falta de comunicação, o trabalho em equipe mal planejado, um plano de ação mal estruturado, um líder que não sabe analisar quem é quem em sua equipe. A pressão pode ajudar algumas pessoas como pode prejudicar outras, cabe ao líder ter o feeling para saber quem aguenta mais pressão.

Para ser um bom líder e conseguir identificar quem aguenta mais, primeiro você deve GOSTAR DE PESSOAS, lidar com pessoas exige uma forte habilidade como a comunicação assertiva, o saber falar e ser compreendido ainda é tarefa árdua para alguns líderes. Promover a VOZ ATIVA dos seus colaboradores, não ter medo de conhecer as opiniões e ideias da sua equipe. Trazer SEGURANÇA para sua equipe, e mostrar que você FAZ ACONTECER com os seus planos de ação.

Ser o EXEMPLO da equipe e DESAFIAR seus colaboradores a pensarem juntos. Saber RECOMPENSAR seus colaboradores é mostrar que você se importa com eles, fornecer sempre o FEEDBACK das atividades! Reconhecer e APROVEITAR os talentos da sua equipe e ASSUMIR os problemas que em alguns casos podem ter ocorridos por uma falta de boa liderança. Afinal em todos os âmbitos da nossa vida, em algum deles somos líderes, sendo assim utilize sua sabedoria para ter a pressão caminhando com a harmonia!

Portanto podemos amar e trabalhar para assim falar de saúde mental, mas quando ambas estiverem prejudicadas e adoecidas falamos de doença mental, falamos de dor, de angústia, de depressão, de stress, falamos do indivíduo adoecido.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  0   0

Gabriela Cecarechi

Master Coach

Gabriela Cecarechi é Psicóloga (CRP 06/123484) e Coach, pós-graduanda em Psicologia Organizacional e do Trabalho e Selecionadora com Foco em Competências. Apaixonada pelas relações humanas no âmbito organizacional e idealizadora de um mundo igualitário com oportunidades para todos, auxilia os empreendedores a alcançarem seus objetivos e metas, atrelado ao bem-estar psíquico.