De certa forma parece ser obvio quando o seu cliente lhe procura, e você acredita que ele está de pleno acordo, e vai se entregar de corpo e alma ao processo, a partir da primeira sessão. Todavia, existe diversos fatores para que isso aconteça.

Acredito que a real entrega do seu coachee ao processo de Coaching se consegue da seguinte maneira:

1. Confiança: O seu coachee acredita plenamente em você, sabe que pode confiar, pode acreditar e ter você como parceiro para atingir as suas metas;

2. Comprometimento: Sabemos que todo final da sessão precisamos criar um plano de ação para o nosso coachee, é necessário o comprometimento do coachee com o seu coach, e sem dúvidas o plano de ação deve ser bem elaborado e bem estudado. Faz parte do processo, que também haja o comprometimento do coach com o seu coachee;

3. Equilíbrio: O coach sabe o que deve e como deve cobrar seu coachee na realização de seus objetivos, para que possa atingir a meta combinada. O plano de ação e as ferramentas devem ser muito bem estudadas para que o coachee não se sinta desequilibrado ou confuso e possa mensurar os seus objetivos; pois o desafio proposto no plano de ação deve ser sempre compatível com a meta desejada;

4. Evolução: O coachee precisa saber que está evoluindo, que está atingindo seus objetivos para chegar ao estado desejado; precisa se sentir realizado, sentir e visualizar que a cada sessão estará atingindo o seu estado desejado;

5. Conhecimento Pleno: O coach precisa realmente conhecer o estado desejado de seu coachee, é necessário estudar as sessões anteriores, para que você saiba qual ferramenta utilizar e qual passo deve dar. O conhecimento da ferramenta que o coach vai utilizar é essencial, e ter certeza que esse é o momento para a utilização de tal ferramenta é primordial para o sucesso da sessão;

6. Ambiente Agradável: O coachee precisa se sentir bem no local onde a sessão está sendo realizada, não ofereça um ambiente repleto de coisas, pois dessa forma você pode tirar o foco da sessão do seu cliente, não tenha nada que o distraia, deixe ele se sentir à vontade e focado no assunto, dessa forma a sua sessão vai fluir, o seu cachee vai confiar e se sentir bem;

7. Feedback: Converse com seu coachee, como ele está se sentindo, quais os crescimentos que ele está percebendo. Esse questionamento não deve ser constante, mas deve acontecer por algumas vezes, defina você qual o momento de receber o feedback;

8. Confiança como coach: Confie em você, pois irá conduzir o processo com o seu coachee, o erro pode acontecer, mas é necessário saber onde errou para que o mesmo não se repita.

As sessões devem ser muito bem estudadas, deve se cobrar as ações do seu coachee. A sensação com o crescimento do seu cliente é algo que nos dá uma satisfação extrema, se sentir realizado com o processo faz com que você como coach busque cada vez mais novas ferramentas.

Ser coach é um estudo contínuo do desenvolvimento humano e do desenvolvimento pessoal, saber que nossos coachees estão atingindo suas metas, é sem dúvida, o estado desejado como coach.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Emerson dos Santos Silva

Emerson Silva é Master Coach formado pela SOCIEDADE LATINO AMERICANA DE COACHING, Mestre em Administração, Especialista em Gestão de Pessoas e Marketing, trabalha com o Desenvolvimento Humano a mais de 15 anos.