Em segundo, os nascidos entre 1965 e 1981, a geração X é a mais estressada a respeito da economia, e foram os pioneiros em priorizar a vida pessoal ao invés da carreira. Ocupam os cargos mais altos logo após os Baby Boomers, e gerenciam uma geração bem mais empreendedora e ávida por riscos.

A geração Y é extremamente tecnológica, nascidos entre 1982 e 1993, tiveram a participação ativa de seus pais em suas vidas. Não compreendem a necessidade de um horário fixo, uma vez que a flexibilidade é melhor desde que os resultados, de qualquer sorte, sejam atingidos. Tipicamente impacientes e se necessário abrem mão de parte do salário por uma rotina laboral mais maleável.

Por último, aqueles que ocupam a maior parte das vagas de estágio, a geração Z dos nascidos entre 1994 e 2010. Já nasceram vendo desde cedo os reflexos da globalização, o ensino é muito caro e ter um emprego é muito difícil, afinal a disputa por vagas é acirrada. Alguns sustentam que é a geração Y mais tecnológica e intensificada, sendo ou não, sabemos que ela não sobrevive mesmo é sem internet.

Em contrapartida, esse choque de gerações no ambiente laboral criou uma outra percepção sobre carreira. Não adianta ter apenas formação técnica, qualquer adolescente se passar por treinamento aprende tais habilidades, mas será que ele tem maturidade emocional para sobreviver em meio a essa realidade? As pesquisas apontam cinco habilidades mais difíceis de se encontrar em novos profissionais:

· Capacidade de liderança

· Pensamento estratégico e outras habilidades analíticas

· Habilidade em comunicação

· Conhecimento do setor

· Habilidades para construir relacionamentos

Independente do seu grau de instrução, não tem como dissociar a sua formação técnica das habilidades interpessoais, pois alavancar sua carreira, tornar-se especialista ou mesmo se deslocar lateralmente em uma empresa, depende de um alto grau de maturidade emocional acoplado ao seu diploma. Talvez você precise de ajuda profissional, e sim, ela existe, afinal Coaching é potencializar pessoas e construir sonhos.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Silas dos Santos Coelho

Life Coach

Professional Coach , Analista DISC e Palestrante Motivacional. Músico Pianista e Acadêmico de Direito.