Mas, a gente se perde no caminho. Cometemos erros básicos, e o pior, muitas vezes sem nos darmos conta. Por exemplo: queremos fazer pouco e conseguir muito resultado. Há alguma lógica nisso? Será que contamos com a sorte? Muitos também desistem facilmente, logo ao primeiro obstáculo. E existem os que desejam tantas coisas, que perdem o foco diante de inúmeras tarefas a cumprir, e não geram resultado nenhum. E o clássico: temos toda energia do mundo para começar, porém não conseguimos terminar. Ah, quantas coisas que poderiam ter sido realizadas se, simplesmente, fizéssemos diferente.

Temos que entender que se olharmos para o que queremos com a intenção certa, a de agir e a de criar condições para acontecer, muitas coisas que desejamos podem ser realizáveis. Não vai adiantar pensar que "o universo traz o que você deseja" e sentar para esperar. Longe de acreditar que o universo conspira, estamos falando de haver metas alcançáveis, mensuráveis, com prazo para serem trabalhadas. Querer ganhar na loteria não pode virar meta, muito menos que alguém nos ame o suficiente para sermos felizes. Não se mensura? Não se controla? Então, não pode ser meta.

Com a tal meta definida, precisa-se levar em consideração também os recursos que a pessoa tem atualmente, descobrir os recursos que faltam, e a partir disso, determinar as ações que serão feitas. Todo este processo é o que caracteriza o trabalho de Coaching. Apoiado por um coach, o caminho fica mais firme e seguro. Serão observadas as oportunidades, ajustados os objetivos e valorizados os pontos fortes, promovendo mais impulso para o alcance da meta. Soma-se a isso que o Coaching promove autoconhecimento, autodesenvolvimento e alta performance. Então, o sucesso acaba sendo somente uma consequência.

Três dicas importantes:

O “acreditar”, neste momento, faz toda diferença. Acreditar move, transformando o pensamento, a vontade e o potencial em ação. Com esse sentimento, pensamos mais claramente, temos mais força para perseguir o que buscamos. Se falharmos, ok, vamos adiante! E esse "acreditar" não tem a ver com fé religiosa (cada um tem sua espiritualidade). É uma questão de acreditarmos em nosso sonho, na conquista, com comprometimento para seguir até o final;
Transforme sonhos em realidade

Comemore suas conquistas diárias, por menor que sejam. Além de ser um ritual importante, isso lhe enche de motivação para continuar a agir!;

Não se abale com comentários negativos e descrentes de outras pessoas. Para quem analisa de fora, nunca parece ser o bastante ou tudo será sempre muito difícil. Para quem realiza, talvez seja importante o suficiente para se continuar lutando.

Você pode chegar onde quer, e ter sucesso naquilo que deseja para sua vida pessoal e profissional. E use o Coaching como ferramenta para lhe apoiar na conquista de seus sonhos.

Até breve.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  0   0

Márcia Cristina Rodrigues Pereira

Life Coach

Trabalho ligado a Gestão de Pessoas e Liderança de Equipes desde o ano de 2001, no processo de seleção, treinamento, desenvolvimento de pessoas e formação de líderes. Atuando na Gestão de Relacionamento com Clientes, CRM, desde 2011, com especialização em projetos ligados à elaboração, implantação e acompanhamento de Pesquisas de Satisfação. Atuação como Life Coach a partir de 2015.