Quem deve fazer coaching?

Nos últimos anos, a procura pelo coaching tem aumentado, por profissionais de diferentes áreas do conhecimento. Entre os que mais contratam coaches, estão empresários, consultores, psicólogos, executivos de departamento de recursos humanos, gerentes, profissionais de vendas, consultores de carreiras, gerentes de projetos, escritores, artistas e pessoas envolvidas em processos criativos.

A maioria em busca de maior disposição, otimismo, flexibilidade nas relações pessoais e nos negócios, criatividade, compromisso, melhoria na comunicação, eficiência nos processos, integração e organização.

Coaching para transição de carreira

O momento da transição de carreira atrai muitas pessoas para a metodologia coaching, principalmente por ser uma fase em que deixam uma atividade consolidada e partem para uma situação nova e nem sempre fácil.

A pessoa precisa descobrir interesses, aptidões e combiná-las com a demanda do mercado, encontrando a atividade ideal para o seu perfil profissional. Nesse caso, o processo de coaching é focado na transição, de forma que o indivíduo encontre a carreira correta. As mudanças de departamento ou área na mesma empresa também levam muitos profissionais a recorrer ao coaching.

A promoção para cargos de liderança é outra situação que faz as pessoas procurarem o apoio em um coach. Quem nunca exerceu liderança precisará desenvolver esta habilidade, aprendendo a desenvolver e manter foco no resultado.

A perspectiva de um grande projeto também é sempre recorrente nos processos de coaching, principalmente para profissionais que ainda não tiveram a oportunidade de gerir um grande projeto. A direção do processo de coaching será apoiada pela demanda do projeto, numa metodologia de desenvolvimento de competências.

Os resultados esperados

São nítidos os excelentes resultados adquiridos em benefício da carreira e da atividade corporativa. Entre eles, destaca-se aumento de produtividade, desenvolvimento da inteligência organizacional, assertividade das equipes, foco para a solução de conflitos, redução de estresse, melhor envolvimento e comprometimento, aumento de produtividade e melhor performance.

As pessoas identificam benefícios que tornam o coaching cada vez mais atraente, enxergando metas mais gratificantes, resultados mais rápidos, com clareza de ideias.