O coaching para a agenda do executivo ajuda essa pessoa a realizar propósitos mais amplos, tais como melhores resultados de negócio e/ou bem-estar na vida, frequentemente de forma continuada. Nas aberturas para aconselhar para a agenda de um executivo, a clareza da meta é altamente variável, ampla ou aberta.

Em outros casos, o coaching pode estar vinculado às prioridades de uma organização, tais como ajudar pessoas-chave a implantar com sucesso importantes iniciativas de mudança. Consequentemente, o tempo envolvido para esse papel de coaching pode ser altamente variável. Dependendo da agenda do executivo, as sessões de coaching em si podem ocorrer a intervalos regulares durante um período de tempo específico ou quando solicitadas. 


O escopo para esse tipo de coaching pode variar consideravelmente e, com frequência, envolve mais de uma única pessoa ou situação. Os exemplos de negócio incluem: fusões e aquisições, melhoria de produtividade e qualidade, transições de liderança de executivos, guinadas e enfrentar um crescimento explosivo. Entre as situações bem apropriadas a esse tipo de papel de coaching estão:

Aberturas para coaching de agenda

Para dar suporte a melhores decisões quando forem necessárias informações e
perspectiva sobre as idéias de um executivo.

Para abrir mais opções quando sugestões criativas puderem melhorar as possibilidades de decisões abalizadas.

Para melhorar a gestão da mudança ao preparar um executivo para implantar com sucesso iniciativas de mudança específicas.

Orientar um executivo através de áreas desconhecidas ou inexploradas ou quando o executivo sentir-se atordoado.

Nesses casos, posso agir como uma caixa de ressonância ao oferecer feedback e sugestões para dar apoio às ideias de um cliente ou complementá-las. Como coach, estou livre para oferecer sugestões, mas o processo de coaching assegura os executivos abordem as questões e preocupações que lhes interessem mais.

Para diagnosticar essas aberturas de coaching, começo com as necessidades sentidas do cliente e considero os mesmo fatores mencionados acima: clareza, consenso, comprometimento e controle. Tento escutar e encontrar uma correspondência próxima entre a declaração do executivo e um ou mais fraseados característicos do contínuo de coaching.

Como o coaching para agente é normalmente o papel de coaching mais aberto, podem ser necessárias muitas conversas contínuas para diagnosticar a necessidade de um cliente e elaborar uma intervenção apropriada. 

Marshall Goldsmith em Coaching: o exercício da liderança, editora Campus, 2003.