Todos profissionais têm valores e necessidades únicas, individuais e pessoais. As empresas da mesma forma, têm identidades únicas que as posicionam no mercado de acordo com suas necessidades, crenças e valores. 

Me chamo Marcos e sou executivo de uma grande empresa no Nordeste. Recentemente, participei de uma Formação em Coach pela SLAC. O que me fez refletir sobre essa ferramenta tão poderosa e seus impactos no mercado corporativo.

Nos meus quase 20 anos como profissional tenho visto muita DESCONEXÃO entre essas relações (empresas e colaboradores). Gerando improdutividade, redução nos lucros, falta de agilidade em tomada de decisões e a "tão comum" insatisfação profissional dos executivos e, consequente,TURNOVER.

A que se deve isso?  Como poderia ser evitado? O que pode ser feito para que se crie uma sinergia de interesses, necessidades e valores entre o CNPJ e o CPF? Quais os ganhos para ambos os lados?

Acredito que isso se deve a uma falta de planejamento e atenção por parte da alta gestão das organização que, muitas vezes, "esquecem" que o seu principal ativo é o ser humano e que se os interesses forem casados, ambos poderão ter ganhos poderosos.

Uma forma de evitar é fazer um plano periódico (anual, semestral e trimestral) onde a empresa vai BUSCAR o que move o seu colaborador. Entendendo, os seus anseios, carências e projetos futuros.

Nesse momento a empresa pode se tornar um CATALISADOR de ganhos e proporcionar uma visão de futuro GRANDIOSA para seu time. Mostrando a equipe que esses anseios, carências e projetos podem ser atingidos através de um excelente desempenho na empresa. É uma forma de UNIR INTERESSES DIFERENTES em PROL DE OBJETIVOS DIFERENTES que GERA GANHOS PARA TODOS OS LADOS.

Imagine isso em uma escala de Presidente para Diretor. Diretor para Gerente. Gerente para Supervisão e assim por diante. Todos entendendo e compreendendo como seus objetivos podem ser atingidos através de grandes desempenhos na organização. Um grande erro (ao meu ver), é colocar todos em uma mesma regra de meritocracia. Onde o colaborador que se sente motivado por STATUS é reconhecido por dinheiro e vice-versa.

Conheça sua equipe. Saiba dos interesses dela. Alinhe aos da empresa e colha os resultados. Não tenho dúvidas de que o seu negócio/área/setor estará muito mais forte do que qualquer concorrente.

Fecho esse artigo com uma pergunta: O que geraria de impacto em sua equipe, empresa, setor e/ou área caso os interesses estivessem interligados e alinhados?
Transforme sonhos em realidade



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Marcos Freitas Mendes

Master Coach

Gerente Comercial, responsável pelos canais de Atacado, Varejo e Serviços. Experiência em abertura de mercado, planejamento estratégico e estruturação de canais de vendas. Viagens profissionais para China, Dubai e EUA. Foco em pessoas e desenvolvimento de lideranças.