7 passos: planeje-se e tenha melhores resultados
Você já deve ter notado que em boa parte dos meus vídeos e textos eu falo um pouco sobre a minha vida. Qual a intenção em fazer isso? Minha intenção é mostrar que as dicas e insights que eu dou, são de situações cotidianas que podem acontecer comigo, com você, algum amigo, alguém da sua família, etc.

Para começar a fazer meus vídeos numa qualidade melhor, eu adquiri alguns equipamentos. Num dos meus últimos, que fiz fora da minha cidade, já sabia que a bateria da máquina estava por acabar então no momento em que estava fazendo minhas malas, separei o carregador e todos os acessórios. 

Resumindo toda a história, quando liguei a máquina, não demorou muito para ela avisar que a bateria estava no final. Fui pegar o carregador e percebi que, na correria, acabei deixando este carregador em cima da mesa da sala. 

Na hora de gravar o vídeo, só consegui fazer uma única gravação, que achei que não ficou muito legal, mas mesmo assim ele ficou pronto, acabei gravando pelo celular, que foi exatamente o que eu disse em um dos meus últimos vídeos: “Feito é melhor que perfeito”. Na segunda-feira, tratei de comprar 2 baterias extra. Me planejei e tenho a certeza que isso nunca mais vai acontecer comigo novamente. 

Agora, eu te pergunto: Como você se planeja?

O ato de planejar, não significa ficar longe dos erros (que foi o que me aconteceu, de certa forma), mas o planejar ajuda a calcular as falhas que possam vir a acontecer e também ajuda com que você se prepare pra adversidades. 

Quem planeja, sabe que diante de dificuldades e obstáculos, encontrará formas de superá-los e adquirir experiência. Acreditar no sucesso e se empenhar para tal resultado é um exercício contínuo. Uma boa maneira para montar seu planejamento é usar de algumas ferramentas da administração.

Muito utilizado para planos de ação e de negócios, essa ferramenta agiliza ações e você pode usar isso na sua vida pessoal, também. É basicamente um checklist de determinadas atividades que precisam ser desenvolvidas com o máximo de clareza possível, funcionando como um mapeamento destas atividades.

O que será feito (ações, etapas e a descrição);

Por que será feito (motivo ou a justificativa);

Onde será feito (local);

Quando será feito (prazos, data, tempo);

Por quem será feito (quem são os responsáveis pela ação);

Como será feito (método, processo);

Quanto custará fazer (gastos ou custos envolvidos);

Utilizando estas 7 dicas, você vai criará situações muito mais favoráveis para o seu sucesso profissional e pessoal aumentando a possibilidade de resultados acima da média.

Dessa vez não vou terminar este texto com um “pense nisso”, mas sim com um “planeje-se” com isso e obtenha resultados muito melhores!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.