Em uma sociedade imediatista muito de nós aderiu o conceito de que 24 horas em um dia é pouco para realizarmos todas as tarefas que precisamos em relação ao trabalho, família, estudos e lazer. Para muitas pessoas é quase impossível passar por esses quatro momentos durante o dia, porque criamos o hábito de sempre priorizar um e deixar os outros de lado, por exemplo, você é o tipo de pessoa que dedica mais de 8 horas por dia para o seu trabalho e quando chega em casa está cansado demais para passar um tempo com a família, amigos, ler um livro ou simplesmente passar o tempo com algo que gosta de fazer?

Em sessões de Coaching é muito comum se deparar com pessoas que tem metas incríveis, muitas vezes possuem recursos para alcançar, mas insistem em dizer que não dá tempo de realizar todas as ações necessárias para subir um degrau da escada em busca de seus sonhos. No dia a dia é mais do que comum observar pessoas olhando para o relógio, sempre se preocupando com o futuro e esquecem de que o agora pode fazer toda a diferença na sua vida. Há uma passagem bem interessante em que Buda diz que o segredo da saúde mental e corporal está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas viver sabia e seriamente o presente.

Se preocupar com o futuro não é o mesmo que se planejar para o futuro, pelo contrário, é exatamente a falta de planejamento do tempo que faz com que nós construímos essa percepção de preocupação ou que o dia passou e nada foi efetivamente feito. Estudos na área de neurociência demostram que quando não planejamos nossas atividades o cérebro gasta muito mais energia do que o necessário para que, ao longo do dia, tente nos lembrar de tudo o que deveríamos fazer, mas que no fim acabamos por não realizar e, devido a isso, nos causa um cansaço mental e até mesmo um sentimento de frustação.

Agora como fazer para otimizar nosso dia e fazer as 24 horas renderem espaço para o trabalho, estudo, família e lazer. Primeiramente você precisa de um lugar para anotar o seu plano de ação semanal, como uma agenda, o celular, tablete e entre outros, pois ter uma noção do desenrolar da semana te ajuda a distribuir melhor suas ações e te deixa mais focado naquilo que propôs a fazer.

1 - Pense em três coisas que são usualmente prioridade no seu dia e anote

2- Faça uma lista de coisas que você começou e não conseguiu terminar.

3- Pense no que mais você sente falta no seu dia a dia que seria essencial para te proporcionar felicidade e anote.

4- Agora pense em coisas que você acredita que está fazendo, mas que podem ser consideradas “perda de tempo”.

5- Estabeleça uma meta semanal, ou seja, o que você poderia fazer de diferente nessa semana que mudaria o curso da sua vida para melhor e, que ajudaria a alcançar um objetivo maior, como um sonho que você possui e nunca realizou.

6- Faça uma agenda com as ações que você vai realizar em dias úteis e nos dias livres e, não se esqueça de colocar horário e tempo de duração para cada tarefa, pois é nesse instante que você vai poder ter uma noção de que organizando seu dia vai sobrar tempo para poder jantar em família, estudar algo que você sempre quis e ter um momento só para você.

Eu sempre aconselho aos meus clientes a reservar um período do seu dia e fazer seu planejamento semanal, porque através dele os seus dias vão render muito mais. Acredite, é totalmente possível ter um dia incrível com apenas 24 horas. E então, vamos começar?



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.