Nesse breve texto pretendo compartilhar alguns passos importantes para quem deseja se recolocar profissionalmente no mercado seja por mudança de carreira, por demissão, por mudança de empresa ou por qualquer outro motivo. O objetivo principal é apoiá-lo nessa transição para que seja bem-sucedida.


1º passo: Autoconhecimento

Antes de sair em busca de novas oportunidades de carreira, pare um pouco e faça uma reflexão sobre a sua trajetória: o que deu certo e o que deu errado nas últimas oportunidades de trabalho que você vivenciou? Qual o seu perfil? Quais são suas afinidades? Quais são suas competências e o que você precisa desenvolver? Levante também os últimos feedbacks recebidos por pares e gestores, eles te apoiarão na definição das suas competências.

Caso esteja em um processo de transição de carreira ou mudança de empresa, é importante levar em consideração o salário atual e elaborar um plano de contingência para essa etapa de transição com todos os custos fixos e variáveis para que não haja imprevistos.

Outro ponto importante é ter claro se você pretende continuar sendo empregado ou se pretende ser empreendedor.

Esse é um momento de ter calma! Portanto, dedique um bom tempo para esta atividade e para refletir o que você quer para sua vida daqui pra frente, quais serão as consequências e quais os resultados esperados.


2º passo: Traçar o perfil das empresas que pretende atuar

Concluída a etapa de autoconhecimento, você já tem claro qual o seu perfil e desta forma será possível identificar os perfis das empresas que pretende trabalhar. Essa é uma análise importante!

Tente responder perguntas do tipo: Qual segmento? Qual o porte da empresa? Qual a região? Tenho mobilidade? As vagas existentes estão de acordo com minha área de atuação? A remuneração está de acordo com as minhas expectativas? Você tem contato com profissionais que atuam nesta empresa?

Além disso pesquise sobre a história da empresa, sua filosofia, seus valores, sua cultura organizacional, solidez no mercado. Para tal, busque feedback de contatos que trabalham ou trabalharam na empresa, consulte sites da empresa, relatórios de sustentabilidade, mídia local ou nacional e outras fontes para buscar o máximo de informação.

Essas informações são importantes para que tenha clareza quais são seus objetivos e dedique para alcançá-los.


3º passo: Elabore seu currículo vitae e carta de apresentação de maneira adequada e deixe sempre atualizado

Esses são dois instrumentos essenciais para o momento de transição e por isso deve, expressar com clareza e objetividade o seu potencial. Lembre-se que o profissional de atração e seleção de pessoas recebe inúmeros currículos, por isso menos é mais. Claro que menos nesse sentido, refere-se a assertividade e objetividade.

Muitos profissionais distribuem currículos mas não tomam cuidado com a escrita, com o conteúdo, com o seu objetivo e inclusive dados pessoais. Essa é a primeira impressão, qualquer deslize pode levar o seu currículo para o lixo.

Aproveite para se preparar adequadamente para as entrevistas. Lembra do passo 1? Pois é, nesse momento busque as competências e pontos a melhorar identificados por você e prepare-se para entrevistas, do tipo: tradicional, por competências, comportamental, dentre outras.

Não esqueça: seja sempre verdadeiro! Pense que você poderá fechar portas se a mentira for descoberta.


4º passo: Network

Nesse momento os contatos serão fundamentais!

Aproveite para manter o reestabelecer contatos com profissionais de vários segmentos, cadastre seu currículo em sites de empresas de recrutamento e seleção ou consultorias, identifique os headhunter da sua região e mantenha contato com os mesmos, atualize seus dados em redes sociais profissionais como o Linkedin, dentre outros.

Se possível procure também um serviço de outplacement e coaching para apoia-lo em uma boa recolocação.


5º passo: Disciplina

Trabalhe em busca da sua oportunidade! Você precisa dedicar tempo para essa missão, faça um planejamento semanal com ações para cada dia.

Caso esteja desempregado, utilize o tempo comercial para dedicar-se a essa tarefa: acorde cedo, faça contatos e a cada contato busque novas indicações, faça pesquisas de ofertas de emprego, aproveite o tempo para se autodesenvolver caso necessário (treinamentos, congressos, curso de linguas, etc)

Ao final dessa leitura dedique um tempo para elaborar um bom planejamento e um plano de ação com o que você precisará fazer para conseguir uma recolocação de sucesso e boa sorte!


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  0   0

Ana Caroline Ferreira de Sousa Russe

Life Coach

Professional Coach (com certificação Internacional em Analise Comportamental DISC) e membro da SLAC, possui formação em Coaching Vocacional (IMS), Pedagoga especialista em Educação Corporativa, MBA Gestão Estratégica de Pessoas - FGV; Especialista em Psicopedagogia, possui Certificação Internacional em 6Ds: 6 disciplinas que transformam educação em resultados.