O investimento em capacitação de liderança

Um dos principais pontos que deve receber atenção para o crescimento das empresas no Brasil em 2014 é o investimento no treinamento de lideranças. A medida gera resultados diretos na produtividade de líderes e reflete, consequentemente, em seus liderados.

É o que mostra a pesquisa feita pela consultoria Carvalho e Mello, em parceria com o Instituto da Qualidade e a HGM, direcionada a profissionais das áreas de RH e de Operação de 500 empresas com atuação no país. 78% das organizações vão investir em treinamento de lideranças, pois acreditam que a gestão de pessoas impacta os seus resultados.

“Uma vez que os líderes são responsáveis pelos processos dentro de uma companhia, se eles estiverem treinados e conscientes de sua importância, poderão direcionar os recursos de forma mais clara, objetiva e eficaz, o que impactará positivamente o resultado final da empresa, que é gerar lucro Financeiro, Social e Humano”, explicaÁlvaro Mello, diretor técnico da Carvalho e Mello Consultoria, promotora da pesquisa.

Por outro lado, opresidente da Sociedade Latino Americana de Coaching, Sulivan França, salienta que é necessário acompanhamento para garantir que a prática seja realmente proveitosa. “É fundamental para a empresa não acreditar só no treinamento. Existe uma metodologia que chamamos de 70:20:10, onde 70% consiste na prática do que foi aprendido, 20% acompanhamento e apenas 10% corresponde ao aprendizado teórico”, acrescenta.

Ainda segundo França, só se consegue reter o que foi aprendido se a competência for arraigada no cotidiano do profissional. Se isso não acontecer, ele perderá os 10% de teoria aprendida em um curto espaço de tempo, e não conseguirá colocar em prática o conhecimento obtido. A diferença no sucesso da capacitação vai depender, então, do suporte que a organização dará ao líder.

Cenário atual do investimento corporativo no Brasil

Ainda sobre a intensidade que as empresas pretendem investir em 2014, visando o crescimento corporativo, Avaliação de Desempenho de Lideranças segue como a segunda área de foco, com 73,3% dos respondentes, seguida de Avaliação de Competências das Lideranças, com 71,6%.

De acordo com o estudo, a influência da Avaliação de Competências está entre os principais fatores de alto impacto no resultado das empresas, com 78,4%. Recrutamento e Seleção Pessoal vem como o terceiro critério que pode interferir nos resultados finais da corporação, com 77,1% das respostas.

Outro item levado em conta pelo estudo foi o perfil das lideranças brasileiras, quatro comportamentos foram detectados como os mais observados pela área de Recursos Humanos: 69,9% aponta que o líder trata seus subordinados com respeito. 53% dos entrevistados analisam que o líder acha que precisa estar no comando de todas as situações. Para 50,6% dos respondentes, o líder pressiona seus subordinados para obter os resultados esperados por ele. Já para 44,6% assegura que a liderança escuta com interesse os problemas dos seus subordinados.

Fonte: Catho online



Compartilhe

SLA Coaching na Internet

VER MAIS

Contato

Telefone e E-mail

+55 (11) 3670-1770
info@slacoaching.org

A Elite do coaching na palma da sua mão

Baixe nosso aplicativo nas plataformas IOS e ANDROID

Redes Sociais

Acompanhe a SLAC em nossos canais e fique por dentro das novidades.

Te Ligamos