Copo meio cheio ou copo meio vazio?

A forma com que enxergamos o mundo é que define quem somos e como iremos traçar nossos caminhos.

Essa é uma máxima que muitos de nós com certeza já vivenciamos nas sessões de coaching. Quando definimos os planos de ação nos deparamos com coachees empenhados a fazer uma devolutiva impecável, porém a vida no dia a dia tem seus percalços e imprevistos acontecem.

Às vezes nos deparamos com situações das quais o cliente acha que não trouxe nada do que foi proposto, porque não apresentou o copo cheio. Nesse momento o Coach precisa ter escuta ativa, habilidade de interpretar aquilo que o coachee não consegue enxergar.

A forma com que enxergamos as situações é que define o desfecho da vida. O que fazemos para chegar ao nosso objetivo e a forma com que fazemos é que mostra o quanto estamos empenhados.
É importante mostrar ao coachee o quanto ele realizou e que o desafio foi benéfico para o seu crescimento.

Mesmo nos assegurando de que iremos transpor barreiras e impeditivos para realizar tais tarefas e chegar na meta o meio do caminho pode não ser tão lindo como pinta o artista, porém o mais importante dentro de um plano de ação é AGIR e não reagir.

Agir não significa que iremos contemplar uma grande guerra e seremos grandes vencedores dessa batalha, significa que apesar de todos os imprevistos fomos capazes de não perder o foco. Quando agimos está subentendido que fizemos uma opção, somos responsáveis e temos consciência da nossa decisão frente aquilo que foi proposto. Quando reagimos não temos consciência frente a nossa ação.

Vamos ao significado de foco: Foco é ter um objetivo, ser determinado a alcançar ou atingir uma meta, ter prioridade em fazer algo não desvirtuando para outro caminho.

As distrações são forças internas e facilmente quebradas pelo força do seu objetivo, depende de você fazer suas escolhas. Os imprevistos acontecem por questões externas a nós das quais não temos 100% de poder para resolver, o que não significa perder o foco e não entregar absolutamente nada do que foi proposto em sessão. Precisamos utilizar nossa determinação e nos mantermos no caminho, realizar aquilo que depende inteiramente de nós e também saber a hora e para quem pedir auxílio.

É importante mostrar ao coachee o quanto ele realizou e que o desafio foi benéfico para o seu crescimento, cada gota de empenho é sempre um degrau a mais na busca do sucesso em direção a uma meta.
A forma com que encaramos os problemas precisa ficar cada dia mais leve, devemos entender tudo aquilo que depende de nós e o que não depende totalmente de nós. A visão de mundo nos torna mais livres e responsáveis para encarar diversos eventos da vida.

O coaching transforma diariamente a vida de quem o recebe, o copo vai se tornando cada vez mais cheio depois de cada conquista, não importa o tamanho que esse copo representa em nossas vidas e sim como o vemos. E seu copo, está meio cheio ou meio vazio?



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

Elaine Loureiro Garcia

Elaine Loureiro Garcia

Life Coach

+1
share

Comente

Programa Foco e Gestão com Sulivan França

Artigos dos Membros SLAC Coaching   /   veja mais

Contato / Te ligamos

De segunda a sexta
9:00 - 18:00

+55 (11) 3670-1770

info@slacoaching.org

Av. Francisco Matarazzo
1400 - SP

Sociedade Latino Americana de Coaching

+55 (11) 3670-1770
info@slacoaching.org

São Paulo - Brasil
Centro de Treinamento
Av. Francisco Matarazzo, 1.350
Água Branca - Cep: 05001-100
São Paulo - Brasil
Sede Administrativa
Av. Francisco Matarazzo, 1.400
Água Branca - Cep: 05001-100
CNPJ: 15.229.739/0001-47
Santiago - Chile
Oficina
Suecia 42, Oficina 02
Teléfono: +56 2 2632 5042
Lima - Peru
Oficina
Plaza Ricardo Palma 107 - San Borja
Teléfono: +51 980 037 494
Cartagena - Colômbia
Oficina
Cr 3 6A Esq. Ed. Jasban 407 - B/Grande
Teléfono: +57 5 655 03 01

Conteúdo Registrado ®
Todos os Direitos Reservados
Cópia Proibida.