Conversa de Coach

Falar sobre coaching é sempre gratificante , me leva a derivar para os mais importantes temas que ele pode ser trabalhado através do seu processo. Não vamos aqui ficar definindo oque é coaching e nem falar tecnicamente do seu processo . Vamos sim falar sobre oque ele pode proporcionar ou levar de transformação para pessoas e empresas. Olhe para o seu ambiente profissional e também olhe para

Falar sobre coaching é sempre gratificante, me leva a derivar para os mais importantes temas que ele pode ser trabalhado através do seu processo. Não vamos aqui ficar definindo oque é coaching e nem falar tecnicamente do seu processo. Vamos sim falar sobre o que ele pode proporcionar ou levar de transformação para pessoas e empresas.

Olhe para o seu ambiente profissional e também olhe para o seu ambiente familiar e comece a observar as pessoas e os seus comportamentos. Veja como elas são naturalmente diferentes. Algumas são mais ativas e energéticas, outras mais tranquilas, outras mais divertidas e outras mais introspectivas. Enfim, isso quer dizer que as pessoas, como você, possuem perfis comportamentais distintos e próprios, cada uma com seus pontos fortes e também com suas fraquezas – é assim que as pessoas funcionam. Algumas se sobressaem no seu ambiente e outras ficam o tempo todo ou boa parte dele vivendo o papel de coadjuvantes e se sentem bem assim.

Lendo um livro recentemente de administração que trata do aspecto comportamental, me deparei com uma passagem marcante sobre a “fuga” mental, que vale aqui destacar: “ O exemplo mais triste de fuga é quando o indivíduo abandona a relação mental, mas não fisicamente. As empresas estão cheias de pessoas “mortas” andando pelos corredores e ocupando espaço nos escritórios. Você as vê frequentemente – já desistiram e resignaram-se a seu estado atual.” Acabam vivendo no modo “fuga”: Estão presentes fisicamente, porém já fugiram “mentalmente” do ambiente profissional. O que isso pode representar ?

Você já teve a oportunidade de em algum momento perguntar para a pessoa do seu lado, se ela tem um sonho, se ela tem uma meta, se ela tem um objetivo de vida, ou no mínimo oque ela quer que aconteça na sua vida pessoal ou profissional? Não esqueça de fazer para si essa mesma pergunta .

A resposta é o primeiro passo para uma direção a ser seguida e o caminho poderá ser uma jornada transformadora. Quem garante o sucesso da jornada é você – mais ninguém. Quem tem os recursos necessários ou quem tem que buscar esses recursos internos e externos para a jornada também é você – você é o único responsável pelo que é hoje e o único responsável por quem será amanhã.

Trabalhar a automotivação pode ser um bom começo e pode trazer grandes resultados. Mas como se auto motivar? O primeiro passo pode ser o autoconhecimento – você verdadeiramente se conhece? Conhece o seu potencial, reconhece seus aspectos de melhoria? Como anda a sua relação familiar e pessoal? Como anda a sua relação profissional? Como anda a sua saúde física e financeira? Tem trabalhado o que verdadeiramente valoriza? Com essas informações desenhadas, pergunto: O que mais o incomoda e rouba a sua energia no seu dia a dia? O que você gostaria de mudar ou desenvolver na sua vida pessoal ou profissional, se tivesse a oportunidade de participar de um processo de coaching?

A medida que você começa a trabalhar os aspectos que mais tiram a sua energia, naturalmente e gradualmente ela começa a se recuperar, ganha força e a sua motivação tende a volta, pois agora você está mais ativo e na direção de algo que colocou em prática como importante e quer que isso se resolva ou se realize. Sua força e energia tem um motivo e agora trabalha a seu favor. Esse movimento positivo pode revelar descobertas que jamais você poderia ter imaginado. Você começa a pensar fora do padrão, começa a criar opções, começa a enxergar de outro modo; começa a sair da zona de conforto, começa a ter, como o coaching gosta de chamar, insights reveladores. Ou seja : uma percepção súbita que pode lhe revelar uma possibilidade atraente e que você jamais poderia ter pensado até então.

Ultimamente tenho ouvido e visto muito se falar em poder de persuasão e o uso de gatilhos mentais para influenciar ou persuadir pessoas a tomarem decisões pessoais ou de negócios a favor de quem oferta alguma coisa. Se podemos usar gatilhos mentais para convencer outras pessoas, imagine a capacidade que temos de convencer a nós mesmos de trabalhar nossos próprios gatilhos internos e a nosso favor. Pois, antes de convencer outros, precisamos estar convencidos que podemos assumir a responsabilidade pelas nossas próprias mudanças e que julgamos tão importantes para o nosso desenvolvimento e bem estar pessoal e profissional.
O Profissional Coach pode contribuir positivamente nessa trajetória de mudança e de ascensão, apoiando-o durante toda a jornada exercendo o papel de facilitador.

Como diz as celebres palavras da frase motivacional de de Zig Ziglar: “As pessoas costumam dizer que a motivação não dura para sempre. Bem , nem o efeito do banho , por isso se recomenda diariamente”.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

Wagner Antônio Joel

Wagner Antônio Joel

Master Coach

MASTER COACH - Certificado pela: IAC - The International Association of Coaching - Membro da Sociedade Latino Americana de Coaching - Executivo da área comercial - Pós Graduado em Gestão Empresarial - FGV de SP ; Negociação - FGV - SP , Graduado em Adm de Empresas - ITE - Instituição Toledo de Ensino - Bauru - SP . CRA - 33.298 - SP

+1
share

Comente

Programa Foco e Gestão com Sulivan França

Artigos dos Membros SLAC Coaching   /   veja mais

Contato / Te ligamos

De segunda a sexta
9:00 - 18:00

+55 (11) 3670-1770

info@slacoaching.org

Av. Francisco Matarazzo
1400 - SP

Sociedade Latino Americana de Coaching

+55 (11) 3670-1770
info@slacoaching.org

São Paulo - Brasil
Centro de Treinamento
Av. Francisco Matarazzo, 1.350
Água Branca - Cep: 05001-100
São Paulo - Brasil
Sede Administrativa
Av. Francisco Matarazzo, 1.400
Água Branca - Cep: 05001-100
CNPJ: 15.229.739/0001-47
Santiago - Chile
Oficina
Suecia 42, Oficina 02
Teléfono: +56 2 2632 5042
Lima - Peru
Oficina
Plaza Ricardo Palma 107 - San Borja
Teléfono: +51 980 037 494
Cartagena - Colômbia
Oficina
Cr 3 6A Esq. Ed. Jasban 407 - B/Grande
Teléfono: +57 5 655 03 01

Conteúdo Registrado ®
Todos os Direitos Reservados
Cópia Proibida.