Caminhe com o tempo, não contra ele

É preciso planejamento e cuidado, para que as ações do dia a dia, sejam tomadas a partir de escolhas criteriosas, que atendam a real necessidade do sujeito, sem que o tempo seja o grande vilão. É preciso caminhar com o tempo, não correr dele.

“Perguntei ao tempo qual seria a solução. E ele disse: deixe-me passar”. Desconhecido

A impressão que se tem é de que a cada dia que passa o tempo está passando cada vez mais rápido, diante dos olhos humanos, mas paradoxalmente os dias estão proporcionalmente mais cansativos, improdutivos e menos prazerosos.

Afinal, quem nunca teve aquela vontadezinha de pedir para o dia ter 30 horas, seja para poder dormir um pouco mais, dar mais atenção à esposa ou ao marido ou fazer aquela aula de ginástica adiada há meses? Ou quem nunca, teve a sensação de que só irá aproveitar verdadeiramente as horas do seu dia no período de férias ou aposentadoria? O discurso é: dias de trabalho são longos e sem produtividade e finais de semana, são curtos comparados a tudo que se deseja fazer, tudo o que ficou acumulado.

E grande dos principais motivos dessa improdutividade e sonho com dias mais proveitosos (e felizes), vem da falta de planejamento. E isso não pode ser limitado apenas para executivos e demais cargos de liderança, como se acredita por aí, todos necessitam dessa administração de horas/eventos, para conseguir planejar antes de executar.

O problema é que, embora pareça simples, fazer um planejamento adequado e colocá-lo em prática demanda certo esforço. Mas tenha certeza de que é um esforço bem menor que ficar “apagando incêndios” a todo o momento, sem realmente realizar algo importante para sua vida ou para a empresa em que trabalha.

Para os que desejam ser tornar donos da sua rotina, devem planejar o dia a dia, tarefas e atividades, para então serem capaz de traçar prioridades, melhorar e afinar a capacidade de escolhas. Só assim o vício da procrastinação e da permissão daqueles minutos a mais em cada atividade, serão eliminados, para resgatar a conexão com as verdadeiras prioridades de cada um, de cada cenário, perfil e ações.

Segundo grandes gurus de gestão do tempo e produtividade, os “vilões” no ambiente corporativo da falta de tempo se dão: Excesso de e-mails, reuniões pouco objetivas e muito frequentes, senso de urgência sem critério (tudo é urgente), falta de método e de sistematizar quais atividades serão feitas em determinado período. Se não se sabe o que deve ser feito, o tempo avança em direção ao acúmulo de afazeres e stress.

Para iniciar o hábito dessa organização, é primordial entender o que é urgente, importante, impactante e necessário, dentro da mais micro realidade (o dia a dia) até a macro (a realização de uma grande meta), na vida pessoal e profissional.

As chamadas ações importantes ou impactantes: Geralmente são o que causam mais resultado de impacto para a organização, para sua vida ou projeto, por isso sempre devem estar no plano de ação do dia. As denominadas necessárias e necessárias não impactantes: as primeiras complementam as atividades importantes e que normalmente, são mais operacionais. Já as necessárias e não impactantes são aquelas que podem ficar para o fim do dia ou até para o dia seguinte se for preciso, mas que não podem ser esquecidas.

É indispensável sempre deixar um espaço para o improviso na sua agenda, essas são as urgentes ou primordiais. Elas poderão acontecer e geralmente são causadoras de problemas e stress, se não forem resolvidas na hora.

Por isso é tão importante criar critérios e formas de sistematizar essas informações, nem tudo é urgente, nem tudo, como diria o ditado popular, é “para ontem”.
Não há necessidade de se fechar em um único caminho, a importante dica é descobrir o método que atende as necessidades do momento: agendas, listas, despertadores, aplicativos, bilhetes e etc. Somente o indivíduo em sua intimidade e clareza, é capaz de avaliar o que funciona ou não.

Esse processo reflete também nas relações de convívio de cada um. Ser pontual, cumprir prazos, frequentar compromissos agendados e não deixar o outro à sua espera, são sinais claros de organização, gestão, respeito e empatia.

Baseado em tudo o que foi falado é notório que não é possível controlar o tempo, nem ter posse sobre o mesmo. Entretanto a capacidade de administrar os eventos dentro dele e a maneira de encarar e aceitar as escolhas, estão exclusivamente nas mãos de cada sujeito.

Faça diferente hoje.

Empodere seus sonhos.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

Thais Rodella Soares

Thais Rodella Soares

Life Coach

· PCC Professional Coach Certification; · Professional DISC Certification; · MBA Gestão de Empresas; · Bacharel em Educação Física e Habilitação em Qualidade de Vida; · Personal Trainer: Treino funcional, corrida e preparação física para adultos, adolescente e idosos;

+1
share

Comente

Programa Foco e Gestão com Sulivan França

Artigos dos Membros SLAC Coaching   /   veja mais

Contato / Te ligamos

De segunda a sexta
9:00 - 18:00

+55 (11) 3670-1770

info@slacoaching.org

Av. Francisco Matarazzo
1400 - SP

Sociedade Latino Americana de Coaching

+55 (11) 3670-1770
info@slacoaching.org

São Paulo - Brasil
Centro de Treinamento
Av. Francisco Matarazzo, 1.350
Água Branca - Cep: 05001-100
São Paulo - Brasil
Sede Administrativa
Av. Francisco Matarazzo, 1.400
Água Branca - Cep: 05001-100
CNPJ: 15.229.739/0001-47
Santiago - Chile
Oficina
Suecia 42, Oficina 02
Teléfono: +56 2 2632 5042
Lima - Peru
Oficina
Plaza Ricardo Palma 107 - San Borja
Teléfono: +51 980 037 494
Cartagena - Colômbia
Oficina
Cr 3 6A Esq. Ed. Jasban 407 - B/Grande
Teléfono: +57 5 655 03 01

Conteúdo Registrado ®
Todos os Direitos Reservados
Cópia Proibida.